Coco Antes de Chanel (“Coco Avant Chanel”, França, 2009)

Há filmes biográficos que retratam vidas excepcionais, mas de forma mediana, perdendo muito na direção, como em “Chico Xavier“. Já outros apresentam técnica apuradíssima, entretanto seu personagem não tem o brilho fora do normal, mesmo que tenha tido um peso para a história. É o caso desta Coco Chanel até bem interpretada por Audrey Tautou (“Amar… Não Tem Preço“).

Ela faz o que pode com uma personagem plana demais. Coco aparece como uma órfã que, junto a sua irmã, tentam a sorte cantando nos clubes decadentes de sua cidade no interior da França. Ao conhecer um festeiro nobre, acaba se encostando nele em sua bela mansão, porém e humilhada pelo próprio e serve de objeto de divertimento para os amigos mais abastados. Independente de ser ato falho do roteiro ou da atuação, o fato é que de tão inabalável, a protagonista não consegue remeter ao espectador seu sofrimento. Por mais que isso possa representar a força da personagem, por outro lado fica muito difícil desenvolver uma afinidade emocional por ela. E por mais realista que seja, mostrando que seu sucesso, muito mais que revolucionárias idéias, também foi fruto de muito trabalho (aliás, ela morreu trabalhando), o filme deixa de mostrar as facetas mais sentimentais de Coco, reduzindo-a um grande amor, como se o fim deste fosse o grande responsável pela sua dedicação à labuta (ela teve outros casos, inclusive retratados em outras produções).

Como já havia dito, o contraponto é ser uma produção primorosa com uma ótima direção de arte que produz a reconstituição de época, figurinos inspiradíssimos e, como não podia deixar de ser, a trilha sonora cirurgicamente bem orquestrada de Alexandre Desplat (“Julie & Julia“). E se podemos dar um crédito a Tautou, é que ela abandona qualquer traço de glamour para encarar uma mulher que, além de fumar às turras, sempre aparenta um ar modorrento.

Interessante como duas biografias cinematográficas tão díspares em técnica e arte, acabam se equilibrando numa mesma avaliação. Veja “Chico Xavier” pelo personagem e veja “Coco Antes de Chanel” pelo filme.

[rating:3]


Ficha Técnica

Elenco:
Audrey Tautou
Benoît Poelvoorde
Alessandro Nivola
Marie Gillain
Emanuelle Devos

Direção:
Anne Fontaine

Produção:
Caroline Benjo
Philippe Carcassone
Carole Scotta

Fotografia:
Christophe Beaucarne

Trilha Sonora:
Alexandre Desplat

One comment on “Coco Antes de Chanel (“Coco Avant Chanel”, França, 2009)

  1. Concordo, se houve sofrimento não foi percebido, foi passado mais uma mulher turrona e despeitada do que triste e batalhadora.
    Achei sinceramente um filme fraco. Fora o orçamento de milionário só pra pagar os cigarros da Coco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

↑ BACK TO THE TOP ↑