12 Horas (“Gone”, EUA, 2012) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

Fraca estreia do brasileiro Heitor Dhalia no cinema norte americano. Amanda Seyfried (“O Preço do Amanhã”) é Jill, uma jovem que teve um trauma onde acredita ter sido abduzida por um desconhecido. Um ano depois, já morando com a sua irmã Molly (Emily Wickersham de “Eu Sou Número Quatro”), acorda um dia e percebe que Molly sumiu. Então ela acredita piamente que foi o mesmo estranho e passa a procurá-la, mas passa a ser perseguida pela polícia justamente por causa de seu histórico psiquiátrico.

É aquele tipo de suspense cuja ideia não é nova , porém é interessante: onde o protagonista deve descobrir se os eventos pelo qual passou foram reais ou não passou de sua imaginação. A história segue um caminho razoável até o segundo ato, onde Jill segue uma trilha de pistas que até são coerentes para chegar no resultado ao último ato. É claro que aí também já começa o primeiro grande rombo, onde o roteiro trata a polícia como um bando de incompetentes que, não só são incapazes de resolver um potencial crime, como sequer conseguem pegar uma garota inexperiente em fuga.

Pra piorar o elenco parece só aparecer quando conveniente e logo depois descartado da trama temporariamente como é o caso do policial vivido por Wes Bentley de “Jogos Vorazes”, cuja participação não representa nada além de gordura na trama, como também é o caso de alguns personagens. Dhalia parece não conseguir em momento algum imprimir qualquer sensação de urgência e tensão durante toda a trama e o espectador ainda é obrigado aguentar a fraca Seyfried como uma mentirosa compulsiva, contando mentiras a todos e tentando manipular as pessoas para conseguir as informações que precisa.

E se o resultado caminhava para o duvidoso, o último ato enterra de vez e produção. Tudo é de uma incoerência ímpar: o que realmente aconteceu a Molly, a reação da polícia, a atitude de Jill ao final, além de seu clímax ser mais fraco que chá de valeriana. “12 Horas” é uma produção que poderia ter boa, caso não houvesse uma direção tão capenga e um roteiro que fizesse jus à premissa. Praticamente uma perda de tempo.
[rating:2]

Ficha Técnica

Elenco:
Amanda Seyfried
Daniel Sunjata
Jennifer Carpenter
Sebastian Stan
Wes Bentley
Nick Searcy
Socratis Otto
Emily Wickersham
Joel David Moore
Katherine Moennig
Michael Paré

Direção:
Heitor Dhalia

Produção:
Dan Abrams
Sidney Kimmel
Gary Lucchesi
Tom Rosenberg
Chris Salvaterra

Fotografia:
Michael Grady

Trilha Sonora:
David Buckley

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑