A Cinco Passos de Você (“Five Feet Apart”)

Genre :
Actor : , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2019

É o “A Culpa é das Estrelas” de 2019. E – pasmem – funciona praticamente tão bem quanto.

Haley Lu Richardson de “Medalha de Bronze” é Stella uma jovem que mora num hospital por ter fibrose cística, uma doença que ataca os pulmões, degradando-os até que a pessoa morra ou possa ter um transplante de pulmão. Enquanto ela mantém essa vida, acaba conhecendo num novo paciente, o jovem e rebelde – é claro – Will (Cole Sprouse da série “Riverdale”). Detalhe: ele não só tem a mesma doença como tem o agravante de ter contraído uma bactéria que a torna ainda mais letal.

Logicamente entre tapas e beijos, eles vão se apaixonar, mas tem um detalhe: duas pessoas com a mesma doença não podem ficar a menos de seis passos de distância, pois correm o risco de pegarem uma bactéria diferente um do outro e acelerar a morte.

Então a produção gira em torno desse amor platônico que demora a acontecer e é parado justamente pelas condições de saúde de ambos. O diferencial da narrativa é que ela se aprofunda nessa doença e na relação dela com os personagens sem ser complexo demais e faz dela uma personagem em si, contextualizando todas as ações do casal e envolvidos.

O roteiro foi escrito justamente para que o espectador se solidarize com o romance, mas também com a saúde do casal ao ponto de ter a mesma dúvida que eles: vale a pena arriscar a vida por esse amor? O melhor é que a resposta ao final é tão sensata quanto emocionante.

Claro que há clichês do gênero: o amigo gay doente, o mistério sobre a família de Stella (por sinal uma ótima subtrama), a mãe rica e controladora de Will, a enfermeira carinhosa, mas preocupada, a trilha sonora padrão de romances jovens fadados à tragédia (por Brian Tyler de “Escape Room”) e por aí vai.

Com pouquíssimas derrapadas (ok, tem algumas feinhas), “A Cinco Passos de Você” emociona e educa, é poético e didático, tem clichês, mas que funcionam. Enfim, o programa perfeito dos casais de plantão para a época.

Curiosidades:

– A tradução do título troca “pés” para “passos”, pois nos EUA, o sistema de medida é diferente com polegadas, pés, jardas e milhas. 1 pé = 30,48cm. Então “A Cinco Pés” significa que o casal deve ficar a uma distância de mais ou menos 1 metro e meio um do outro. Trocar pés por passos foi uma saída elegante dos tradutores brasileiros, com a ressalva de que cinco passos seria bem mais longe do que na verdade se mostra.
– No fim do filme há uma dedicatória para Claire. Para tornar o filme ainda mais real, médicos e pacientes foram contratados para ajudar diretor, equipe e elenco a entender todas as nuaces e detalhes da doença. Claire foi uma paciente de fibrose cística com quem os artistas mais se identificaram. Logo após as filmagens ela finalmente fez um transplante bem sucedido de pulmão, mas 3 dias depois por um efeito colateral, teve um derrame e veio a falecer causando uma comoção em toda equipe do filme.
– Os desenhos de Will foram feitos por um artista de New Orleans chamado Caesar Meadows.
– A mãe de Stella no filme é na vida real a esposa do diretor.
– Com exceção do final, o filme é praticamente uma cópia palavra a palavra do livro homônimo.

SPOILER – SÓ LEIA SE JÁ VIU O FILME!!!

– O livro não termina onde o filme termina. Há mais um último capítulo onde meses depois, Stella já se encontra bem melhor e sai do hospital para fazer uma viagem. Então esbarra em Will no aeroporto que continua tão doente quanto. E daí o final fica em aberto, significando que pode haver uma continuação.

Ficha Técnica

Elenco:
Haley Lu Richardson
Cole Sprouse
Moises Arias
Kimberly Hebert
Parminder Nagra
Claire Forlani
Emily Baldoni
Gary Weeks
Cynthia Evans
Brett Austin Johnson
Ariana Guerra
Sophia Bernard
Evangeline Hill
Ivy Dubreuil

Direção:
Justin Baldoni

Produção:
Justin Baldoni
Cathy Schulman

Fotografia:
Frank G. DeMarco

Trilha Sonora:
Brian Tyler
Breton Vivian

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑