A Festa Nunca Termina (“24 Hour Party People”, Reino Unido, 2002)

Genre : ,

Michael Winterbottom é um dos diretores mais versáteis de seu tempo. Para citar apenas três de seus filmes totalmente diferentes entre si: “Caminho Para Guantânamo”, “O Preço da Coragem” e “O Assassino em Mim”. Com um detalhe: todos ótimos.

Em 2002 ele joga o holofote na cena musical britânica do fim dos anos 70 e início dos 80 que veio a definir toda uma geração e influenciar artistas até o dia de hoje. Tudo começa com o jovem Tony Wilson (Steve Coogan de “Os Outros Caras”) assistindo a um show do Sex Pistols e decidindo que iria ingressar no mundo da música. Mais tarde, como apresentador de TV, funda junto com amigos o emblemático selo da Factory contratando bandas como Joy Division – que mais tarde mudaria para New Order após o suicídio do vocalista Ian Curtis – e Happy Monday. E com o sucesso também fundou a casa noturna de onde sairiam as mais famosas bandas britânicas da década de 80, a Hacienda. Tudo isso sempre cercado de sexo, drogas e pop’n’roll.

Optando acertadamente por tirar o caráter mais pesado do filme, o diretor coloca o protagonista Coogan, comediante de longa data, a fazer uma muito bem humorada narração em off e o deixa livre para compor seu personagem com seus trejeitos engraçados já vistos em outras produções. Ainda assim, não se furta em mostrar os fatos mais tristes de forma correta, como a morte de Ian Curtis e do péssimo relacionamento de Wilson com a família numa breve, mas emblemática cena. Também não se preocupa tanto com a semelhança entre os atores com os personagens reais, mas sim em contar a história. Entretanto faz homenagens deliciosas colocando alguns desses personagens icônicos em pontas e isso inclusive é comentado na narração de Coogan, como num toque de abstração narrativa.

Falar da trilha sonora chega a ser desleal com a concorrência. Colocar New Order cantando clássicos como Blue Monday, World in Motion e que inclusive compuseram uma música especialmente para o filme, Here to Stay já seria mais que suficiente para ser sensacional. Mas ainda tem Iggy Pop, The Clash, Happy Monday, Orbital, Moby, Marshall Jefferson, Siouxsie And The Banshees e, é claro, Joy Division numa performance inspiradíssima do elenco.

“A Festa Nunca Termina” tem quase duas horas, mas que passam voando e é uma aula de cinema, de narrativa e de música e um exemplar obrigatório pra quem ama a sétima arte e todas as outras seis.
[rating:4]

Ficha Técnica

Elenco:
Steve Coogan
John Thomson
Nigel Pivaro
Paul Popplewell
Lennie James
Shirley Henderson
Mark Windows
Paddy Considine
Raymond Waring
Ron Cook
John Simm
Danny Cunningham
Dave Gorman
Ralf Little
Andy Serkis
Martin Hancock
Peter Kay
Sean Harris
Tim Horrocks
Rob Brydon
Collette Cooper
Enzo Cilenti
Duncan Whitworth
Michael Mitchell Jr.
Simon Pegg

Direção:
Michael Winterbottom

Produção:
Andrew Eaton

Fotografia:
Robby Müller

 

1 Comment

Leave us a comment

  • silvio3611
    on

    Até que enfim, consigo comentar!!! rsrs Parabéns Aldo, pelo novo layout, ficou bem legal. Quanto ao filme, achei sensacional, acredito que a cena de MADchester foi bem representada, só faltou uma pontinha pra banda maior de todas:o Oasis.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑