A Garota da Capa Vermelha (“Red Riding Hood”, EUA, 2011)

Genre : ,

A Garota da Capa Vermelha” nada mais é que a “Crepuscularização” do clássico dos Irmãos Grimm. E não é apenas uma questão de estilo da diretora Catherine Hardwicke que depois do ótimo “Aos Treze“, nos bombardeou com o tenebroso “Crepúsculo“. É uma questão de marketing, onde seus realizadores acharam que essa semelhança poderia trazer a reboque, os admiradores de Bella, Edward e Jacob. E a semelhança é monstruosa.

Aqui a Bella tem outro nome, Valerie (Amanda Seyfried de “O Preço da Traição“), a tal Chapéuzinho Vermelho que mora numa vila assombrada por um lobisomem. Ela tem um dilema amoroso entre Peter, o correspondente a Edward interpretado por Shiloh Fernandez de “Rastros de Vingança” e Henry, respectivo Jacob sob a face do “Eragon” Max Irons. Quando o lobisomem começa a aterrorizar a isolada vila, chega o padre “mais para vilão” Solomon (o geralmente “mais para vilão” Gary Oldman de “O Livro de Eli“). E todo o resto gira em torno de quem é o lobisomem, além de uma dúzia de subtramas infantis e desnecessárias.

O que mais surpreende não é a identidade do monstro, mas a monstruosidade da incompetência de seus realizadores que conseguiram fazer o longa afundar em todos os aspectos possíveis e imagináveis. A trama que já é pedante por si só, ainda é trucidada pelas pistas que a diretora quer plantar para despistar ou apontar possíveis suspeitos. Destaque para a ridícula senha que Valerie parafraseia as frases de sua alter ego dos Irmãos Grimm: “Pra que olhos tão grandes vovozinha?” (sim, isso realmente acontece).

O jovem elenco não só lembra a saga vampiresca de Stephanie Meyer, como também, o elenco de malhação pelo seu grau de atuação. Os poucos atores de peso se prendem a papéis burocráticos e caricatos devendo atuar como tal. Efeitos especiais apenas honestos e um design de produção que lembra “A Vila” de M. Night Shyalaman talvez sejam os únicos aspectos que lembrem de longe uma obra de qualidade pelo menos técnica.

Com um dos finais mais débeis mentais de todos os tempos “A Garota da Capa Vermelha” conseguiu ganhar o Prêmio Crepúsculo de idiotice e, não fosse a diretora e a protagonista, provavelmente apodreceria numa locadora qualquer. E pior que a premissa até era interessante.

[rating:1.5]

Ficha Técnica

Elenco:
Amanda Seyfried
Gary Oldman
Billy Burke
Shiloh Fernandez
Max Irons
Virginia Madsen
Lukas Haas
Julie Christie
Shauna Kain
Michael Hogan
Adrian Holmes
Cole Heppell
Christine Willes
Michael Shanks
Kacey Rohl

Direção:
Catherine Hardwicke

Produção:
Leonardo DiCaprio
Jennifer Davisson Killoran
Alex Mace
Julie Yorn

Fotografia:
Mandy Walker

Trilha Sonora:
Alex Heffes
Brian Reitzell

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑