A Grande Jogada (“Molly’s Game”)

A Grande Jogada” é basicamente “Armas na Mesa” versão poker. Inclusive com a mesma excelente atriz (linda e maravilhosa) Jessica Chastain. E como este último é um filmaço, a estréia do autor Aaron Sorkin na direção (ele escreveu sucessos como “Steve Jobs” e “A Rede Social”), não fica atrás.

Baseado na história real da Princesa do Poker, ela é Molly uma ex-esportista de inverno que depois de um fracasso e de divergências com o pai (Kevin Costner de “Estrelas Além do Tempo”), tira um ano sabático e descobre as mesas clandestinas de poker. Sua inteligência faz com que rapidamente ela tenha seu próprio negócio. O problema é que tanto o FBI e a máfia russa está de olho nela.

O roteiro se reveza entre o seu iminente julgamento onde ela conta com o cético e carismático advogado Charlie (“Depois Daquela Montanha”) e a narração em off da sua história, seja como uma forma de depoimento para Charlie, seja para o espectador. Por sinal é interessante como o diretor sutilmente estabelece essa diferença, visto que algumas coisas ela só conta para o espectador e não para o advogado.

Uma das características mais marcantes da dinâmica entre os personagens são os diálogos rápidos e afiados, principalmente da dupla Molly e Charlie. Numa forma de se travar um duelo intelectual – mesmo que os personagens estejam no mesmo lado – o filme faz um ótimo “bate-e-volta” de argumentos em vários momentos. Se fica ótimo como dinâmica, dramaticamente dá um tom meio surreal ao diálogo.

O roteiro é acessível para explicar poker de uma maneira em que o público, mesmo sem saber de seu mecanismo, entenda porque se ganha e se perde (basta prestar atenção, porque as explicações são rápidas).

A Grande Jogada” consegue revezar um drama pessoal com uma trajetória pouco ortodoxa de uma mulher muito inteligente, mas também muito humana. Teve ajuda de um ótimo autor, diretor e do elenco que excedeu as expectativas. Um Royal Straight Flush.

Curiosidades:

– A verdadeira Molly pediu para o diretor contratar Jessica Chastain para o seu papel.
– Na realidade o governo confiscou bem menos dinheiro de Molly e ela saiu dessa situação bem melhor do que o filme dá a entender.
– No filme o advogado passa parte do tempo lendo o livro sobre Molly antes do julgamento. Na realidade, o livro só foi lançado depois do julgamento, contando inclusive o que aconteceu durante.
– Acredita-se que o ator de Hollywood mencionado por Molly “Jogador X” é o ator Tobey Maguire (“O Dono do Jogo”).
– Todos os figurantes são jogadores profissionais de poker. Como foram contratados pra dar realidade na sinâmica do jogo, foram os figurantes mais bem pagos da história de Hollywood.
– As filmagens principais ocorreram em apenas 10 dias devido a problemas de agenda do elenco.
– A firma de advocacia ficcional que defende Molly é a mesma que o autor colocou na sua antiga série “The West Wing”.
– Molly foi proibida pela justiça de entrar no Canadá. Ironicamente as filmagens ocorreram no Canadá.

Ficha Técnica

Elenco:
Jessica Chastain
Idris Elba
Kevin Costner
Michael Cera
Jeremy Strong
Chris O’Dowd
J.C. MacKenzie
Brian d’Arcy James
Bill Camp
Graham Greene
Justin Kirk
Angela Gots
Natalie Krill
Stephanie Herfield
Madison McKinley

Direção:
Aaron Sorkin

Produção:
Mark Gordon
Matt Jackson
Amy Pascal

Fotografia:
Charlotte Bruus Christensen

Trilha Sonora:
Daniel Pemberton

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑