A Saga Molusco – Anoitecer (“Breaking Wind”, EUA, 2011) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

O que dizer dessa pretensa paródia da “Saga Crepúsculo” que usa na tradução brasileira o nome molusco, obviamente tirado das galhofas usadas pelo Casseta e Planeta com o ex-Presidente Lula? No mínimo, uma experiência rara. Afinal de contas não é toda vez que você vê uma sala de cinema sendo gradualmente esvaziada com o passar da sessão. As pessoas se recusaram terminantemente e continuar vendo a tortura digna de Guantânamo que faria o mais forte terrorista confessar todos os seus pecados desde a infância. Mas o que elas esperavam? Só o cartaz, feito provavelmente por um estagiário de uma agência de marketing de quinta categoria era praticamente um aviso para ninguém adentrar a sala que estivesse passando essa… coisa.

Os americanos foram mais espertos e lançaram direto nas locadoras. Mas o brasileiro não. Acostumado a ludibriar o consumidor, nosso querido marketing nacional fez questão de um lançamento nas telonas, até que relativamente grande para uma produção que deve ter custado uma mixórdia. E lá fomos nós conferir. Com um elenco, isto é, um bando de gente que aparece no filme que nada tem a ver com os personagens da série original, a história se resume em flatos. Sim, gases. Ou falando a língua deles, peidos. Todos os formatos, sons e cheiros (e nessa hora, graças a Deus que ainda não inventaram cinema com cheiro).

Piadas? Até o pior show de stand up comedy ou os piores quadros de Zorra Total ainda são mais engraçados que qualquer minuto daquele crime que chamam de filme. E se essa tal “Saga Molusco” já é ruim, seu desfecho com alguns fãs fervorosos dos originais aparecem torcendo para ver o trailer de “Eclipse” não faz sentido algum. Só espero que eles pelo menos tenham sido pagos para ceder sua imagem, principalmente a triste fã nerd cujo filme dedica pelo menos uns cinco minutos de humilhação gratuita.

Os Vampiros que se Mordam”, “Os Espartalhões” e “Super-Heróis – A Liga da Injustiça” parecem obras de arte (ok, o último nem tanto) se comparados a essa “Saga Molusco: Anoitecer”, a qual fede como os gases que produz ao longo da projeção.
[rating:0]

Ficha Técnica

Elenco:
Heather Ann Davis
Eric Callero
Frank Pacheco
Michael Adam Hamilton
Alice Rietveld
John Stevenson
Rebecca Ann Johnson
Taylor M. Graham
Dillon Garcia
Martin Ruskov
Richard Villa
Jessica Kinsella
Flip Schultz

Direção:
Craig Moss

Produção:
Bernie Gewissler
Amy Jarvela
Craig Moss

Fotografia:
Rudy Harbon

Trilha Sonora:
Todd Haberman

 

2 Comments

Leave us a comment

  • Hannah
    on

    Por essas e por outras que eu não entendo a indústria de entretenimento no Brasil. Enquanto isso está em todos os cinemas do Rio, The Help só estava em TRÊS salas. E fora os filmes que eles cancelam a estreia no Brasil sem motivo aparente.

  • Satine
    on

    Burras foram as pessoas que tiveram a curiosidade de ver esse filme no cinema,por favor,né?! Tava estampado que o filme era uma m**** maior que a saga Crepúsculo.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑