Absolutamente Impossível (“Absolutely Anything”)

Se trocar o protagonista Simon Pegg por Jim Carrey e os alienígenas por Deus, o filme vira o “Todo Poderoso” de 2003.

Pegg de “Desencontro Perfeito” é Neil, um professor que é escolhido por um grupo de alienígenas evoluídos e ter todos os seus desejos realizados para provarem que o ser humano é digno de salvação. É claro que ele vai causar várias confusões com isso enquanto tenta conquistar a sua vizinha Catherine (Kate Beckinsale de “A Face de Um Anjo”).

O filme foi escrito pelo veterano grupo britânico Monty Python que nos presenteou com clássicos da comédia como “Em Busca do Cálice Sagrado” (1975), “A Vida de Brian” (1979) e “O Sentido da Vida” (1983) que, inclusive foi o último em que Terry Jones, do grupo, escreve e dirige, pois faleceu em janeiro de 2020.

Com tanta gente boa no roteiro e direção, a produção é boa, mas longe de um novo clássico. Pegg está sempre bem e convence, tal qual os demais artistas, sendo que a maioria dos coadjuvantes fazem corretamente seus papéis caricaturais.

As piadas oscilam muito entre ótimas sacadas, bons besteiróis e algumas sem muita razão de ser, principalmente quando se trata da subtrama do romance entre Neil e Catherine. Aparentemente há uma máxima nas comédias em que a mais linda precisa se apaixonar pelo mais improvável e aleatório personagem apenas para alimentar os sonhos do espectador e, quando isso não é muito bem desenhado, fica aquela sensação de enganação. Apesar de ser um incômodo, não diminui a satisfação com a produção que entra num terceiro ato sem se levar a sério e talvez seja a melhor parte, já que se entrega ao humor despretensioso.

Absolutamente Impossível” tem ótimos momentos, mas parece estar sempre morno e ter copiado muita coisa de outras comédias.

Curiosidade:

– Poucos sabem, mas esse foi o último filme do ator Robbin Williams. Ele faz a voz do cachorro Dennis. Ele completou suas cenas em 2014 e o filme foi lançado apenas 1 ano depois.
– Praticamente todos os filmes do Monty Python tem um personagem chamado Dennis. Neste, é o cachorro.
– Para atrair o cachorro para ele, Simon Pegg usava uma linguiça na cabeça.
– A mulher que serve a comida numa cena da cantina é a mãe de Kate Beckinsale.
– O motorista da Van que atropela o protagonista é o diretor Terry Jones.
– Os atores que interpretam o melhor amigo de Neil e a síndica do prédio onde Neil mora, respectivamente Sanjeev Bhaskar e Meera Syal, são casados na vida real.
– As vozes dos alienígenas são todas do grupo Monty Python.
– Na cena onde o satélite é despejado junto com várias naves espaciais, a que está logo no topo foi a usada em “A Vida de Brian”. Inclusive quando os alienígenas passam os cartões de vários seres que tentaram contato, um deles é o próprio alienígena de “A Vida de Brian”.

Ficha Técnica

Elenco:
Simon Pegg
Kate Beckinsale
Sanjeev Bhaskar
Rob Riggle
Eddie Izzard
Robin Williams
John Cleese
Terry Gilliam
Eric Idle
Robert Bathurst
Joanna Lumley
Marianne Oldham
Emma Pierson
Meera Syal

Direção:
Terry Jones

Produção:
Bill Jones
Ben Timlett

Fotografia:
Peter Hannan

Trilha Sonora:
George Fenton

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑