Bumblebee

Genre : ,
Actor : , ,
Director :
Country :
Release Date : 2018

Gente, o que é essa franquia “Transformers”? Das cinco partes até então, cada uma tem uma história diferente, origens diferentes que não se conversam, ação que não dá pra distinguir “lé com cré”, personagens que mudam a toda hora, morrem, voltam, “desmorrem”. E dentro de cada um dos filmes, a mesma bagunça, como se fossem tramas diferentes e divergentes no meio de uma só história.

E porque “Bumblebee”, apesar de ainda mediano, é melhor do que todos segmentos anteriores? Porque ele tem uma história única e se mantém nela até o fim. Parece óbvio e até obrigatório, mas foi assim que o filme que, ao mesmo tempo em um spin-off e uma prequel da franquia, conseguiu bater em todos os seus antecessores.

Aqui a origem dos Transformers também não tem nada a ver com nenhuma das partes, apesar de ser mais simples e interessante. Para se ter uma idéia, antes de conhecer a Terra, eles – aqui – já se transformavam em veículos (!?!?!). Então Bumblebee é mandado à Terra para estabelecer uma nova base para os Autobots e, depois de ser bastante danificado, a jovem Charlie (Hailee Steinfeld de “Tempo Contado”) cruza seu caminho e os dois formam uma peculiar amizade, mas ainda não sabem que os Decepticons estão à sua espreita.

Não coincidentemente, é uma mistura de “O Gigante de Ferro”, “Herbie: Se Meu Fusca Falasse” e “E.T. O Extraterrestre”, dois deles tiveram o comando de Steven Spielberg que também produz a obra junto com o maluco Michael Bay. Inclusive a família de Charlie é a típica família que Spielberg retrata em seus filmes, com os filhos como heróis, após alguma perda que os deixou carentes emocionalmente. Charlie seria aqui o Elliot de “E.T.” e é familiar que a relação entre humano e alienígena e até mesmo a perseguição pelo exército sejam tão semelhantes à trama do clássico de 1982. Aliás, há uma tonelada de analogias com a obra.

O roteiro que tem sua estrutura engessada e previsível, traz algumas boas surpresas, como a história do mecanismo da fala de Bumblebee, bem como o nascimento da Internet como a conhecemos. Efeitos especiais muito bem feitos permeiam a narrativa, mas são bem mais discretos do que a maçaroca maluca dos filmes anteriores e por isso, temos aqui um visual muito mais clean e agradável.

Passado em 1987, as referências oitentistas são ótimas indo de hits da época, como Duran Duran, The Smiths, Rick Astley, Pretenders, Motorhead, até cartazes de filmes e figurino.

Seria muito bom se a próxima parte da saga Transformers fosse um reboot onde se apagasse todas as ridículas premissas das partes anteriores e tivesse Bumblebee como ponto de partida. Agora é rezar.

Curiosidades:

– Há uma cena em que Bumblebee toca The Touch do Stan Bush. Essa foi a trilha sonora do desenho animado “Transformers – o Filme” de 1986 e depois virou a trilha para série de TV.
– A textura dos personagens está mais parecida com a do desenho.
– Há uma cena em um cinema onde se vê o pôster de “Gremilins”, produzido por Steven Spielberg.
– No quarto de Charlie tem o pôster do clássico de terror, “O Enigma do Outro Mundo” de John Carpenter. E no quarto de Memo tem o pôster de “Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida”, dirigido por Steven Spielberg.
– Há uma cena em que o nome de um Agente Simmons é citado. É o personagem de John Tuturro que aparece nos filmes anteriores que cronologicamente se passa depois de “Bumblebee”.
– Charlie usa uma roupa de mecânico escrito BFG atrás. É a abreviação do título “O Bom Gigante Amigo” de Steven Spielberg.
– O túnel que aparece numa perseguição da polícia com Bumblebee é exatamente o mesmo túnel usado no clímax de “De Volta Para o Futuro 2” e a entrada da Cidade dos desenhos em “Uma Cilada para Roger Rabbit”, ambos produzidos / dirigidos por Steven Spielberg.
– No retrovisor de Bumblebee é destaque a frase “Objetos no espelho parecem mais perto do que estão”, que é uma homenagem a uma cena análoga de “Parque dos Dinossauros”, dirigido por… Steven Spielberg!

Ficha Técnica

Elenco:
Hailee Steinfeld
Jorge Lendeborg Jr.
John Cena
Jason Drucker
Pamela Adlon
Stephen Schneider
Ricardo Hoyos
John Ortiz
Glynn Turman
Len Cariou
Kollin Holtz
Gracie Dzienny
Fred Dryer
Isabelle Ellingson
Mika Kubo

Direção:
Travis Knight

Produção:
Michael Bay
Tom DeSanto
Lorenzo di Bonaventura
Don Murphy
Mark Vahradian

Fotografia:
Enrique Chediak

Trilha Sonora:
Dario Marianelli

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑