Clube de Compras Dallas (“Dallas Buyers Club” )

Genre :
Actor : , ,
Director :
Country :
Release Date : 2013

É o “Filadélfia” de 2014 (lembram daquele filme com Tom Hanks de 1993?). O que não deixa em nenhum momento de ser menos marcante ou emocionante.

Cumprindo todos os pré-requisitos para uma indicação ao Oscar – baseado numa história real, dramaticidade plena e transformação grotesca dos atores – a produção nos apresenta Matthew McConaughey, que rouba suas poucas cenas em “O Lobo de Wall Street” (também indicado ao Oscar), como Ron Woodroof um eletricista machista, chauvinista, viciado em drogas e em sexo que, em 1985, contrai o vírus da AIDS numa relação sem preservativo.

Hostilizado pelos amigos, devido ao estigma da época de que a doença era exclusiva de homossexuais, Ron busca tratamento num hospital onde ainda estavam fazendo testes com o AZT. Com um diagnóstico de apenas 30 dias de vida, ele descobre experiências bem sucedidas no México e percebe uma oportunidade de ganhar dinheiro vendendo clandestinamente um remédio não aprovado nos EUA para portadores de HIV, formando o tal clube de compras do título, com a ajuda do travesti Rayona (Jared Leto de “Sr. Ninguém” no melhor papel de sua vida após um hiato de cinco anos no cinema, cuidando apenas da sua banda 30 Seconds From Mars).

O diretor canadense Jean-Marc Vallée se destaca por exibir uma montagem com cores dessaturadas que remete aos anos 80 e pela narração crua da condição do protagonista e coadjuvantes. Aliás, o roteiro faz questão de não beatificar Ron. Pelo contrário: em praticamente toda a projeção, ele se mostra um homem agressivo, egoísta, mas que vai tomando consciência da sua condição e daqueles que o cercam. Interessante o recurso simples, mas eficaz da passagem de tempo usada e como ela denota, o quão longe o protagonista chegou. Além disso, a quase ausência de trilha sonora dá um tom mais documental à obra.

E como já comentado antes, Matthew McConaughey está sensacional, desde sua persona criada, até – e tão importante quanto – seu estado físico esquelético que lembra outro belo trabalho, o de Christian Bale em “O Operário” de 2004. E se McConaughey é um sério candidato a levar a estatueta do Oscar esse ano, Jared Leto merece todos os prêmios e mais alguns, emagrecendo vertiginosamente, com uma aparência que transcende o próprio papel. A caracterização física e dramática foi tão perfeita que uma das cenas de mais impacto é quando ele se veste de homem para confrontar com seu pai.

As quase duas horas de “Clube de Compras Dallas” é um verdadeiro soco de realidade no estômago do espectador, não só pelo drama individual de cada personagem, mas por expor as entranhas da indústria médica responsável pela morte de muitos enquanto ganhava dinheiro com patentes. Imperdível.

Ficha Técnica

Elenco:
Matthew McConaughey
Jennifer Garner
Jared Leto
Denis O’Hare
Steve Zahn
Michael O’Neill
Dallas Roberts
Griffin Dunne
Kevin Rankin
Donna Duplantier

Direção:
Jean-Marc Vallée

Produção:
Robbie Brenner
Rachel Winter

Fotografia:
Yves Bélanger

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑