Contágio (“Contagion”, EUA, 2011) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

Um dos temas mais batidos em filmes de terror ou catástrofe é sobre algum tipo de vírus que se alastra para matar a maior parte da população (ou torná-la zumbi, por exemplo), causando um total caos na humanidade. Mesmo com risco de se tornar clichê, o diretor Steven Soderbergh, de “Che”, resolveu chamar uma constelação de artistas e contar essa história da maneira mais realista possível, o que teve efeitos positivos e negativos no resultado.

Quase como num documentário, ele consegue reunir todos os elementos que poderiam definir uma epidemia e separam em núcleos com respectivos artistas chave: a paciente índice (Gwyneth Paltrow de “O Homem de Ferro”), o imune (Matt Damon de “Agentes do Destino”), a humanitária (Marion Cotillard de “Meia Noite em Paris”), a médica na linha de frente (Kate Winslet de “Foi Apenas Um Sonho”), o diretor médico dos bastidores (Laurence Fishburne de “Predadores”), o repórter sensacionalista (Jude Law de “Repo Men”) e por aí vai. Com tantas frentes, o diretor até que soube equilibrar as tramas e mesmo entrelaçado entre jargões médicos que possam fazer pouco sentido ao espectador leigo, consegue orientá-lo em todo o processo de ciência do tal vírus.

Por outro lado, essa abordagem realista traz uma frieza tal que dificilmente toca o espectador, pois tira o tom de tragédia até pela boa intenção de não querer manipular a platéia. Algumas subtramas chegam a ser descartáveis como a do seqüestro da personagem de Cotillard e outras bem menos interessantes. Chega a ter boas sacadas técnicas como as cenas em que a personagem de Paltrow é vista pelas câmeras de segurança ao mesmo tempo em que outra câmera paralela (do filme em si) mostra suas ações dentro do cassino. E também conta com artifícios dramáticos de destaque como uma descoberta feita pelo personagem de Damon que parece ser tão aterradora quanto a do próprio vírus.

Seus segundos finais mostrado a origem da doença devem agradar a alguns, porém ainda assim, a cena perde seu timing depois de quase duas horas. “Contágio” é bem feito, tem uma abordagem correta, um roteiro consistente, mas talvez seu tema já tenha sido esgotado e nem Soderbergh foi capaz de dar o frescor necessário. Funciona mais como estudo de caso.
[rating:3]

Ficha Técnica

Elenco:
Matt Damon
Marion Cotillard
Gwyneth Paltrow
Kate Winslet
Jude Law
Laurence Fishburne
John Hawkes
Bryan Cranston
Jennifer Ehle
Elliott Gould
Sanaa Lathan
Demetri Martin

Direção:
Steven Soderbergh

Produção:
Steven Soderbergh
Gregory Jacobs
Michael Shamberg
Stacey Sher

Trilha Sonora:
Cliff Martinez

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑