Distúrbio (“Unsane”)

Genre :
Actor : , , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2018

O diretor Steven Soderbergh sempre se reveza entre filmes mais comerciais, tipo seu recente “Logan Lucky – Roubo em Família” e filmes experimentais ou de nicho como “Bubble – Uma Nova Experiência”. Esse “Distúrbio” cai nessa segunda colocação, mas com um pezinho no mainstream, o que certamente vai dividir opiniões.

Filmado totalmente com um iPhone 7 Plus em 4K usando o app FiLMiC Pro, o diretor fala de Sawyer (Claire Foy de “Uma Razão Para Viver”, corajosamente sem maquiagem), uma jovem que procura um instituto psiquiátrico para começar uma terapia por conta de sua mania de perseguição, mas acaba sendo equivocadamente internada, e começa uma luta frustrada contra o sistema. E a grande questão é se ela tem mesmo mania de perseguição ou há alguém realmente a perseguindo.

Soderbergh sempre costuma colocar temas polêmicos em suas produções e aqui não é diferente: o sistema médico dos EUA onde acordo entre seguradoras e hospitais garantem tratamentos desnecessários ou mais longos apenas para fazer o dinheiro circular é algo que poucos conhecem e faz muito bem vir a tona numa produção como essa. Só que também há o suspense que envolve a protagonista e seu suposto algoz.

Nessa hora o diretor faz algumas escolhas artísticas tão interessantes quanto peculiares: por exemplo, o ângulo em que a câmera se posiciona é sempre agressivo e incômodo, principalmente naqueles que antagonizam com Sawyer, como se eles estivessem invadindo perigosamente seu espaço pessoal apenas com esse posicionamento de lente, o que dá uma incômoda sensação de claustrofobia, exatamente o que o Soderbergh quer.

Por outro lado, a trilha sonora de Thomas Newman (“Passageiros”) parece sempre situar o longa como um thriller social mais do que um suspense e, como não há mudança de tom, algumas cenas ficam fora de compasso, o que não é necessariamente ruim, devendo-se mais a quebra de uma convenção artística que pode torcer o nariz do público voltado mais para cinema comercial.

Com um desfecho que consegue se posicionar muito bem em seus dois temas (crítica social e suspense), “Distúrbio” é mais um daqueles filmes curiosos e esquisitos de Steven Soderbergh que tem um selo de qualidade cult e deve ser bem apreciado no nicho mais artístico.

Curiosidades:

– Na cena da terapia em grupo, há uma TV ligada e nela está passando um filme do próprio Steven Soderbergh: Full Frontal de 2002.
– As filmagens duraram apenas 10 dias.
– Como é o filme experimental, os cineastas gostam de usar psudônimos para terem maior liberdade criativa. Steven Soderbergh também é o diretor de fotografia, mas nessa função ele assina como Peter Andrews; e também é o editor, mas assina como Mary Ann Bernard; o compositor da trilha sonora é Thomas Newman, mas ele assina como David Wilder Savage.

Ficha Técnica

Elenco:
Claire Foy
Joshua Leonard
Amy Irving
Jay Pharoah
Juno Temple
Sarah Stiles
Colin Woodell
Myra Lucretia Taylor
Lynda Mauze
Zach Cherry
Polly McKie
Raúl Castillo
Michael Mihm
Robert Kelly

Direção:
Steven Soderbergh

Produção:
Joseph Malloch

Fotografia:
Steven Soderbergh

Trilha Sonora:
Thomas Newman

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑