Espelho, Espelho Meu (“Mirror Mirror”, EUA, 2012)

Genre : , ,

Se você não acredita em espionagem industrial, pense de novo. Não é à toa que Hollywood de vez em quando lança quase ao mesmo tempo produções com a mesmíssima temática vindas de estúdios diferentes. Lily Collins de “Sem Saída” tinha acabado de receber a desagradável notícia de que não passou no teste para viver a protagonista em “Branca de Neve e o Caçador”, perdendo para Kristen Stewart (a Bella da “Saga Crepúsculo”), quando logo foi chamada para outro teste. E para viver exatamente a mesma personagem – Branca de Neve – só que em outro filme. Dessa vez ela passou e tenta tirar a atenção das suas sobrancelhas grossas como uma centopeia com seu carisma.

Enquanto Kristen Stewart embarcou numa apenas razoável adaptação mais soturna do conto dos irmãos Grimm, Lily Collins entrou na versão Sessão da Tarde. É como se todos os personagens da produção estivessem fazendo do clássico Branca de Neve uma imitação menos engraçada de “Sai de Baixo”. A nosso heroína foge para a floresta após ser aprisionada pela Rainha Má vivida por Julia Roberts de “Harry Crowne – O Amor Está no Ar”, a qual tenta abocanhar todos os melhores papéis para mulheres acima de 40 anos que existem sem tanto sucesso. Também tem o príncipe interpretado pelo versátil Armie Hammer de “J. Edgar”, que aqui rende alguns momentos antológicos de vergonha alheia.

Não que a obra seja de todo ruim. O diretor Tarsem Singh de “Imortais” (isso é que eu chamo de guinada de carreira) cuidou minuciosamente junto com o designer de produção e diretor de fotografia de todos os aspectos técnicos para dar aquela cara de filme família do ano. A parte que dói é que, pelo seu roteiro infantilóide, ele acabou tirando a fina inteligência de cena e limitou sou público à criançada ou, no máximo, aos pré-adolescentes pré-Crespúsculo.

Aqui os efeitos especiais são menos trabalhados, mas nem por isso menos eficazes. Nessa versão infanto-juvenil os anões são de verdade, em comparação com seu duplo soturno onde eram atores normais que passaram pelo mesmo trabalho feito com os hobbits de “O Senhor dos Anéis”. Burocrático do início ao fim, “Espelho, Espelho Meu” vai agradar em cheio ao seu público alvo, mas deve deixar muita gente de fora por querer agradar só os baixinhos.
[rating:2.5]

Ficha Técnica

Elenco:
Julia Roberts
Lily Collins
Armie Hammer
Nathan Lane
Jordan Prentice
Mark Povinelli
Joe Gnoffo
Danny Woodburn
Sebastian Saraceno
Martin Klebba
Ronald Lee Clark
Robert Emms
Mare Winningham
Michael Lerner
Sean Bean

Direção:
Tarsem Singh

Produção:
Bernie Goldmann
Ryan Kavanaugh
Brett Ratner

Fotografia:
Brendan Galvin

Trilha Sonora:
Alan Menken

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑