Feito na América (“American Made”)

Genre : ,
Actor : , ,
Director :
Country :
Release Date : 2017

É o filme mais autêntico de Tom Cruise, o qual finalmente sai do bom mocismo que ele estabeleceu para si mesmo em seus filmes (não que isso seja necessariamente ruim), e um de seus melhores filmes desde “Oblivion” em 2013, sendo sua última empreitada o apenas mediano “A Múmia”.

Cruise interpreta Barry Seals, personagem real, que foi um piloto de aviões comerciais abordado pela CIA para fazer um inicialmente trabalho de reconhecimento de inimigos na América Central. Só que sua ousadia o levou a conhecer o ainda em formação Cartel de Medellin (sim, o de Pablo Escobar) e transportar drogas para eles, participou do escândalo Irã-Contras onde transportou armas e gente entre EUA e Nicarágua e traficou informações, principalmente de insurgências com o corrupto General Noriega. Tudo com a concordância (ou quase) do governo americano. É claro que em algum momento, o caldo vai derramar.

Mesmo fazendo um papel controverso, Cruise mantém a sua aura de herói (mais uma vez: o que não é necessariamente ruim) e por isso mesmo consegue trazer um personagem que imediatamente se identifica com o público que não só entende a sua lógica, como também se diverte com ela.

O diretor Doug Liman (“Na Mira do Atirador”) mostra seu talento ao fazer uma continuidade toda entrecortada de edições que aceleram o ritmo e ajudam na construção de uma narrativa frenética sem diluir a mensagem. Repare que há pouco tempo foi lançado um suspense chamado “Boneco de Neve” cujo diretor utilizou a mesma técnica, mas o tiro saiu pela culatra, visto que foi feito pelos motivos errados. Já em “Feito na América”, Liman sabe exatamente a hora de mudar de marcha para uma fluidez mais orgânica quando a trama pede e deixa o espectador na ansiedade por ver o que vem a seguir.

Até o desfecho consegue se adequar ao clima do filme em geral, sem mudar o tom, mesmo com uma clara mudança emocional. Também parte disso se deve à trilha retrô impressa por Christophe Beck (“Trolls”) que parece se entremear à história juntamente com a discreta, mas assertiva reconstituição de época que passa pelo design de produção e cenografia.

Feito na América” acerta como filme, como narração de fatos reais que se utilizam da licença poética na direção certa dando uma leveza na produção, além de um Tom Cruise competente e fazendo menos do mesmo.

Curiosidades:

– No último dia de filmagem houve um acidente em um dos bimotores do filme que matou dois membros da equipe e deixando um sobrevivente. O acidente se deu por conta do mau tempo no voo, sendo que 10 minutos antes, Tom Cruise acabara de fazer o mesmo trajeto de helicóptero.
– O ator que interpreta Pablo Escobar, Mauricio Mejía aparece também na série “Narcos” só que como um soldado colombiano. Aliás, o personagem Barry Seals também dá as caras em “Narcos”.
– Um dos consultores da ouvidoria do governo no escândalo de Irã-Contras na década de 80 foi o pai do diretor Doug Liman.

Ficha Técnica

Elenco:
Tom Cruise
Domhnall Gleeson
Sarah Wright
Jesse Plemons
Caleb Landry Jones
Lola Kirke
Jayma Mays
Alejandro Edda
Benito Martinez
E. Roger Mitchell
Jed Rees
Fredy Yate Escobar
Mauricio Mejía
Robert Farrior
Morgan Hinkleman

Direção:
Doug Liman

Produção:
Ray Angelic
Doug Davison
Kim Roth
Tyler Thompson

Fotografia:
César Charlone

Trilha Sonora:
Christophe Beck

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑