Free Fire

Genre : ,
Actor : , , , ,
Director :
Country : ,
Release Date : 2016

É uma espécie de filme do Tarantino sem o cérebro do Tarantino, mas com quase a mesma diversão. Dois grupos efetuam uma transação de compra de armas no meio de um galpão abandonado e, por um motivo ridículo começa uma briga, tiroteio e tudo vira um caos. Pra piorar, uma das pessoas de um dos grupos não é quem diz ser.

Dirigido por Ben Wheatley depois do cult “High Rise”, “Free Fire” mantém um humor mordaz durante toda a projeção como se o elenco estivesse numa grande brincadeira, mas com a proeza de passar a sensação constante de perigo iminente e ainda confunde o espectador criando afinidades com vários personagens, mesmo sem saber de que lado estão. Aliás, um dos destaques do roteiro é que mesmo dentro de cada um dos grupos ninguém se entende direito, o que eleva o grau de entropia, aumenta o suspense com doses cavalares de humor e sangue sem descambar para o trash.

Claro que o elenco é uma atração a parte: Sharlto Copley de “Hardcore: Missão Extrema” dá mais um show de interpretação que chega muitas vezes a ofuscar a todos. Seu timing cômico misturado com um pesado sotaque sul africano (ele é de lá) e um extremo egocentrismo torna o personagem ainda mais engraçado. Sam Riley (“Orgulho e Preconceito e Zumbis”) dá uma ótima contribuição como talvez o mais retardado da turma, enquanto o afiado Armie Hammer (“O Agente da UNCLE”) capricha no humor refinado e sarcástico. E se o sempre competente Cillian Murphy (“No Coração do Mar”) encara o lado mais sério da comédia, o elo mais fraco acaba sendo da única mulher, Brie Larson (“Kong: A Ilha da Caveira”) que talvez tenha tido o azar de ter um personagem insosso, mas que sua interpretação também não fez decolar.

A trilha de Geoff Barrow e Ben Salisbury (“Ex Machina – Instinto Artificial”) é eficiente em emular pelo menos o cheiro de Tarantino com destaque para a sequência de John Denver numa das melhores partes da ação. O único ponto de atenção mais proeminente é o descaso que o roteiro dá para a tal pessoa com a agenda própria, pois a revelação não causa nenhum impacto chegando quase a ser um anticlímax com um desfecho que não machuca, mas não faz jus à toda narrativa anterior.

Free Fire” é diversão à prova de balas e que parece só baixar um pouco a guarda no final.

Curiosidades:
– Antes da filmagem, o diretor construiu uma réplica do galpão no jogo Minecraft.
– Outra de game: a inspiração do diretor veio do jogo Counter Strike.
– No segundo dia das filmagens, a polícia apareceu no set por causa de uma denúncia de que estava ocorrendo um tiroteio real naquela área, mas era apenas o filme.
– Apesar de não estar explícito a gangue que compra as armas pertence ao movimento separatista irlandês, IRA.

Ficha Técnica

Elenco:
Cillian Murphy
Armie Hammer
Sharlto Copley
Sam Riley
Brie Larson
Michael Smiley
Babou Ceesay
Noah Taylor
Jack Reynor
Mark Monero
Patrick Bergin
Sara Dee
Enzo Cilenti
Tom Davis

Direção:
Ben Wheatley

Produção:
Andrew Starke

Fotografia:
Laurie Rose

Trilha Sonora:
Geoff Barrow
Ben Salisbury

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑