Hardcore: Missão Extrema (“Hardcore Henry”)

Genre :
Actor : , , , ,
Director :
Country : ,
Release Date : 2015

Filmado totalmente na técnica POV (Ponto de Vista), que é em primeira pessoa, só que ao invés da câmera na mão, a câmera é os próprios olhos do personagem, no caso uma GoPro Hero3 Black Edition.

Com uma abertura de cair o queixo (e outras partes do corpo também), assim começa uma das mais loucas aventuras, quando Henry é trazido de volta a vida sem lembrar de absolutamente nada. As únicas informações que são passadas a ele é que quem o trouxe de volta é sua esposa e cientista Estelle (Haley Bennett de “Kristy: Corra Pela Sua Vida”), que ele é um ciborgue, que um vilão megalomaníaco chamado Akan (o desconhecido Danila Kozlovsky) está atrás dela para terminar de criar um exército de super humanos iguais a Henry e que um homem misterioso chamado Jimmy (Sharlto Copley, a voz de “Chappie”) parece querer ajudá-lo.

Daí tem muita perseguição, tiro, pancadaria, mortes gráficas, tudo em primeira pessoa, enquanto Henry tenta descobrir como o excêntrico Jimmy pode ajudá-lo a salvar Estelle enquanto se desvencilha dos inúmeros capangas de Akan, o qual pra piorar, tem poderes telecinéticos.

OK lembra muito “Adrenalina” de 2006 com Jason Statham só que em primeira pessoa, mas isso não tira seu mérito.

Mesmo sendo seu primeiro longa metragem, o diretor Ilya Naishuller já fez vídeo clipes usando essa mesma técnica e dá um show de execução com movimentos praticamente impossíveis de conceber, mas que em suas lentes soam naturais. E de tão orgânico, o filme que parece ter saído de uma HQ (e saiu, veja nas curiosidades) ganha credibilidade que junto a um ritmo frenético faz com que o espectador não descole o olho da tela, sendo que de tão movimentado não raro o público deve ficar até meio zonzo. Ainda assim, a noção de geografia dos realizadores é ótima, pois permitem que a platéia esteja sempre situada sobre o que está acontecendo.

Finalmente chegamos ao fantástico e subestimado Sharlto Copley que desempenha vários papéis e apesar de Henry ser o protagonista (não vemos a sua face) é Copley o fio condutor da trama, alívio cômico e dramático ao mesmo tempo. A cena em que ele performa um número musical já chega antológica.

Todos os atos são de tirar o fôlego e seu desfecho é radical, genial e pede mais. Não é pra qualquer um, mas é imperdível como cinema e como experiência.

Curiosidades:

– Henry é interpretado por cerca de 10 atores e dublês. Mas a maioria das cenas foi feita por Andrei Dementiev que no filme também interpreta o personagem Slick Dmitry. Logicamente as cenas do embate dos dois personagens foi feito com outra pessoa interpretando Henry. O segundo ator que mais interpreta Henry é o próprio diretor Ilya Naishuller.
– O filme não explica a origem dos poderes telecinéticos de Akan. Isso foi explicado numa HQ que funciona como prequel do filme chamada “Hardcore: Akan”. Ok, você não vai comprar, então vou contar rapidamente o que aconteceu: Akan nasceu em Chernobyl sendo vítima da radiação enquanto seus pais morreram. Ele fora criado por um cientista e ao crescer foi descobrindo seus poderes. Já adulto, ele descobre que o pai postiço não só foi responsável pela morte de seus pais verdadeiros, como também o estava usando para experimentos numa nova tecnologia de reconstituição de membros e super força. Nesse meio tempo ele descobre seus poderes e passa a controlá-los. Então ele mata o cientista, pisando em todos até ganhar muito dinheiro com a patente e experiências para a construção de um exército sobre humano. Eis que chegamos à primeira cobaia de sucesso: Henry.
– Darya Charusha que interpreta a dominatrix motoqueira também é a compositora da trilha sonora do filme.
– Tem uma “cena” depois dos créditos.

Ficha Técnica

Elenco:
Sharlto Copley
Danila Kozlovsky
Haley Bennett
Tim Roth
Andrei Dementiev
Svetlana Ustinova
Darya Charusha
Oleg Poddubnyy
Will Stewart
Ilya Naishuller

Direção:
Ilya Naishuller

Produção:
Timur Bekmambetov
Ekaterina Kononenko
Ilya Naishuller
Inga Vainshtein Smith

Fotografia:
Pasha Kapinos
Vsevolod Kaptur
Fedor Lyass

Trilha Sonora:
Darya Charusha

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑