Homem-Formiga e a Vespa (“Ant-Man and the Wasp”)

É estranhamente interessante como a Marvel se sobressai também em filmes de super-herói que parecem tudo, menos filmes de super-herói. Aqui, o fato do Homem-Formiga ser herói é apenas uma vírgula no roteiro dessa ótima comédia de ação intimista.

Em “Vingadores: Guerra Infinita” foi dito que Scott / Homem-Formiga estava em prisão domiciliar e por isso não apareceu. E é justamente onde o encontramos.

Faltando pouco tempo para sair da prisão, ele (Paul Rudd) é contatado pelo Dr. Hank (Michael Douglas) e Hope (Evangeline Lilly), pois precisam dele para a tecnologia que desenvolveram para voltar ao mundo quântico e resgatar a esposa de Hank, Janet (Michelle Pfeiffer de “Assassinato no Expresso do Oriente”) que, como já visto no antecessor, perdeu-se por lá, mas aparentemente deu sinais que está viva.

Tanto esse experimento, quanto aos que seriam os vilões do filme, a Fantasma (Hannah John-Kamen de “Jogador Nº 1”) e o mafioso Sonny (Walton Goggins de “Tomb Rainder”) acabam se tornando apêndices ou até mesmo esquetes para a dinâmica entre seus personagens principais, resultando numa trama aparentemente “menor” (desculpe o trocadilho), mas igualmente divertida.

É claro que mais uma vez Michael Peña rouba a cena com seu personagem matraca Luis e é claro que há outra sequência hilária com ele dublando todos os atores ao contar uma história, além da cena do soro da verdade ser uma das mais engraçadas e a referência de Baba Yaga, uma bruxa do folclore russo. Outro ator cômico que entra como coadjuvante, mas tem ótimas falas é Randall Park (“Viagem das Loucas”) como o agente Woo que persegue o herói.

Os efeitos especiais também são destaque onde vislumbramos novamente a juventude recriada por computação de Michael Douglas e o resultado impressionante quando aplicado à Michelle Pfeiffer. Além disso, o design do mundo quântico é bastante original é ressalta ainda mais particularidades do que no filme anterior, o que dá margem para explorá-lo muito mais no futuro.

Finalmente, uma das cenas pós créditos (são duas) marcam exatamente em que momento no tempo o filme se encontra em relação ao Universo Cinematográfico Marvel com uma boa surpresa. “Homem-Formiga e a Vespa” é uma comédia que se desprende do rótulo de filme de super-herói por acrescentar uma série de outras nuances, mas nunca deixa a linha Marvel de fora e, talvez por isso seja tão bem sucedido.

Curiosidades:

– A Fantasma é originalmente nos quadrinhos uma vilã do Homem de Ferro e nunca lutou contra O Homem-Formiga.
– Parte da trilha sonora vem de uma música chamada Ants Invasion (Invasão das Formigas) da banda Adam and the Ants (Adam e as Formigas).
– Nas revistas, o Agente Woo vai formar um grupo de espiões chamados Agentes Atlas. Mas ainda não se falou em nenhum filme da Marvel sobre eles.

Ficha Técnica

Elenco:
Paul Rudd
Evangeline Lilly
Michael Peña
Walton Goggins
Bobby Cannavale
Judy Greer
T.I.
David Dastmalchian
Hannah John-Kamen
Abby Ryder Fortson
Randall Park
Michelle Pfeiffer
Laurence Fishburne
Michael Douglas
Divian Ladwa

Direção:
Peyton Reed

Produção:
Stephen Broussard
Kevin Feige

Fotografia:
Dante Spinotti

Trilha Sonora:v
Christophe Beck

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑