Jogo Duro (“Wild Card”) / Carta Selvagem

Genre : ,
Actor : ,
Director :
Country :
Release Date : 2015

Jogo Duro” é um filme estranho. Suas tramas não se conversam e só no final a gente tem um leve entendimento do que o diretor Simon West de “Os Mercenários 2” tentou fazer, mas em vão. Para tentar explicar melhor vou colocar a produção sob duas perspectivas:

O que o filme passa ao espectador

Jason Statham reestabelece sua parceria com o diretor como Nick, o típico personagem de Statham: brutamontes que detona todos os bandidos numa cajadada só e trabalha como guarda costa pessoal. Quando uma amiga é violentada por um mafioso, ele vai atrás e enche o cara de porrada. Depois disso, o roteiro muda e parece ter esquecido do que aconteceu. Ao invés de fugir, Nick vai a um cassino, ganha uma bolada, depois perde tudo, o que dá tempo para os capangas do vilão o encontrarem e haver mais distribuição de porrada. Isto é, o gênero muda de ação para um drama ininteligível só para depois voltar a ter ação novamente, mas já sem ritmo e sem coerência.

O que o filme deveria (e queria) ter passado ao espectador

Nick é um viciado em jogo e tem um passado que o faz se punir quase de forma masoquista sempre sabotando a sua felicidade. Mesmo com o episódio em que ajuda uma amiga violentada, pondo um mafioso picareta de lado, não consegue deixar a cidade, praticamente porque acredita que não merece ser feliz, tendo que confrontar novamente os bandidos.

Perceberam o erro de roteiro e de execução? O protagonista não foi desenvolvido no primeiro ato, fazendo com que todas as atitudes que ele toma no segundo ato sejam completamente estranhas ao que estávamos acompanhando até então. Piora quando vemos atores conhecidos fazendo pontas quase sem nenhum sentido, como se a presença deles fossem dar algum rumo ao roteiro. A exceção fica pelo ótimo Stanley Tucci de “Spotlight” que encarna com maestria um chefe da máfia que entende o quão grande é o seu poder e o disfarça com uma educação impecável.

Só não dá pra negar que a coreografia das lutas é excelente, principalmente a primeira, onde se usa câmera lenta e efeitos especiais para deformação do rosto dos artistas.

Poucos saber, mas este é um remake do filme “Encurralado em Las Vegas” de 1986 com Burt Reynolds e que comete os mesmos erros. Apenas enche a filmografia mediana de Statham e o ajuda a pagar as contas.

Ficha Técnica

Elenco:
Jason Statham
Michael Angarano
Dominik García-Lorido
Hope Davis
Milo Ventimiglia
Max Casella
Stanley Tucci
Jason Alexander
Sofía Vergara
Anne Heche

Direção:
Simon West

Produção:
Steve Chasman

Fotografia:
Shelly Johnson

Trilha Sonora:
Dario Marianelli

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑