Keanu

Genre :
Actor : ,
Country :
Release Date : 2016

Jordan Peele e Keegan-Michael Key podem não ser conhecidos do público brasileiro, mas são comediantes muito famosos nos EUA e escreviam, produziam e dirigiam esquetes cômicas onde contracenavam com grandes nomes no Canal Comedy Central. Era uma espécie de Porta dos Fundos. Keegan-Michael Key é tão famoso que fez um dueto cômico com ninguém menos que o Presidente americano Barack Obama (vejam o vídeo no fim da crítica).

O importante de trazer isso a tona é que, tal qual o Porta dos Fundos em seu “Contrato Vitalício”, a dupla americana trouxe o que há de melhor e pior de seu show nesse primeiro longa produzido, escrito e estrelado por eles. Só que ao contrário de Porta dos Fundos, o resultado é bem mais satisfatório.

Peele é Rell, um cara arrasado depois que sua namorada o deixou e que encontra um gatinho na porta de sua casa e fica apaixonado por ele, chamando-o de Keanu. Key é seu primo Clarence, casado, nerd e certinho que tenta por Rell nos eixos. O que eles não sabiam é que Keanu era um gato da máfia, e quando os bandidos levam o Keanu, Rell e Clarence devem se passar criminosos para se infiltrar na gangue até resgatar o bichano.

O que mais prejudica a produção é que a dupla pegou os maneirismos que usava no programa e potencializaram no filme. Então por mais que sejam genuinamente engraçados, muitas vezes eles forçam a barra num nível desnecessário, o que prejudica às vezes até a credibilidade da própria trama.

Por outro lado, o roteiro é um show de esquetes engraçadíssimas. As piadas feitas com George Michael que permeiam toda a história (ele deve ter levado uma bolada), são ótimas, principalmente a que envolve o clipe de Faith. As referências cinematográficas são sensacionais, principalmente os ensaios de Keanu que passam por clássicos como “O Iluminado”, “Se7en: Os Sete Pecados Capitais” e até “Os Fantasmas se Divertem”. A fantasia do gatinho de Wesley Snipes em “New Jack City” é fantástica e a cena de sonho referenciando a “Matrix” é desde já antológica.

Keanu” pode ser visto como uma comédia besta ou como um besteirol brilhante. Cabe mais a segunda opção. Guarda algumas outras surpresinhas e para ser excelente só faltou que a atuação dos protagonistas fosse um pouco mais contida na mesma medida do “brilhantismo” do roteiro (lógico que é entre aspas).

Obs: Tem cena no fim dos créditos.

Curiosidades:

– Na cena que referencia Matrix quem faz a voz do gato Keanu é ninguém menos que o próprio Keanu Reeves, ou o Neo, como queiram!
– A dupla de bandidos, os verdadeiros irmãos de Allentown também são interpretados por Jordan Peele e Keegan-Michael Key sob pesada maquiagem.
– Todas as referências de filmes: New Jack City, Os Fantasmas se Divertem, Mad Max, Caçadores de Emoção, O Iluminado, Matrix, Fogo Contra Fogo, A Grande Aventura de Pee Wee, Straight Outta Comptom, Prazer Sem Limites, Casa das Coelhinhas, Todo Mundo em Pânico.
– A casa de Clarence é a mesma casa de Nancy no original A Hora do Pesadelo.

Vejam o vídeo de Keegan-Michael Key com Barack Obama:

Ficha Técnica

Elenco:
Jordan Peele
Keegan-Michael Key
Tiffany Haddish
Method Man
Darrell Britt-Gibson
Jason Mitchell
Jamar Malachi Neighbors
Luis Guzmán
Will Forte
Nia Long
Rob Huebel
Madison Wolfe
Jordyn A. Davis
James Yeargain
Brittany Seymour

Direção:
Peter Atencio

Produção:
Keegan-Michael Key
Jordan Peele
Peter Principato
Paul Young
Joel Zadak

Fotografia:
Jas Shelton

Trilha Sonora:
Steve Jablonsky
Nathan Whitehead

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑