Kronos: O Fim da Humanidade? (“Singularity”)

É difícil saber por onde começar a falar dos problemas desse patético filme de ficção científica.

A premissa é ridícula: um empresário ganancioso vivido por John Cusack (“The Beach Boys – Uma História de Sucesso”) constrói uma inteligência artificial que destrói a humanidade. Sim, eles pegaram a velha historinha de que nós somos a praga a devemos ser exterminados. Quase cem anos depois, dois jovens tentam achar uma cidade de humanos perdida, sendo que um deles na verdade é um andróide disfarçado para destruir a cidade, mas acaba tendo um “coração” humano. Se não entendeu, nem precisa.

O tal andróide disfarçado é o desconhecido “ator” (entre aspas mesmo), Julian Schaffner que não tem a mínima noção da sua profissão e talvez tenha sido o pior casting de todos os tempos. Nem o elenco de “Malhação” consegue ser tão ruim. Vamos torcer para ele continuar desconhecido.

A produção parece ter sido feita no fundo de um quintal florestal onde foram adicionados efeitos especiais de quinta categoria, mas que talvez funcionassem se houvesse de fato pelo menos um fiapo de roteiro ou uma condução decente.

O diretor – também desconhecido – Robert Kouba não tem nem a mínima noção de tempo e espaço: a dupla anda dias e de repente aparece de volta à fortaleza de Kronos; e que depois não é mais a Fortaleza; e que de repente já estão em cima de uma cidade. Simplesmente ninguém se entende.

Não há continuidade, tampouco coerência narrativa. O desfecho da tal jornada emocional da dupla é risível (a cena do aperta ou não o botão da nave é de dar raiva) e o filme fecha totalmente descerebrado.

Poucos sabem, mas esse film nãotinha Cusack no elenco foi filmado em 2013 e ninguém quis distribuí-lo de tão ruim que era. Quatro anos depois, convenceram Cusack a entrar nessa barca furada e ele filmou todas as suas cenas em menos de uma semana e aí sim o filme foi lançado, mas continuando a ser medíocre.

Assista ao filme de máscara, de preferência que cubra os olhos e ouvidos.

Ficha Técnica

Elenco:
Julian Schaffner
John Cusack
Carmen Argenziano
Eileen Grubba
Jeannine Michèle Wacker
Pavlo Bubryak
Paul American
David Chrisman
Hrncir Kuba
Elisa Dvorakova
Oliver Czavar
Michelle Michaels
Jason Marnocha
Elaine Loh
Ego Nwodim

Direção:
Robert Kouba

Produção:
Sebastian Cepeda
Robert Kouba

Fotografia:
Jesse Brunt
Sebastian Cepeda

Trilha Sonora:
Tobias Enhus
Scott Kirkland

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑