Lugares Escuros (“Dark Places”)

Logo depois de “Mad Max” a mais bela e recente quarentona Charlize Theron e o jovem Nicholas Hoult voltam a trabalhar juntos nessa adaptação do livro homônimo de Gillian Flynn, cujo best seller “Garota Exemplar” bombou no ano passado e dirigido por Gilles Paquet-Brenner do ótimo e emocionante “A Chave de Sarah”.

Theron é Libby que presenciou o massacre de sua própria família quando criança e culpou o irmão que pegou prisão perpétua. Até que ela conhece Lyle (Hoult) que faz parte de um peculiar grupo de investigadores amadores que se dedicam a desvendar mistérios dados como finalizados pelas autoridades. Então Lyle convence Libby a investigar seu próprio passado em busca do que realmente aconteceu, enquanto em paralelo o espectador volta no tempo em flashbacks que mostram os dias anteriores à chacina onde a mãe de Libby, Patty (Christina Hendricks de “O Mistério de God’s Pocket”) batalha para cuidar de seus quatro filhos e manter sua fazenda, enquanto o único filho homem adolescente começa a se envolver com as pessoas erradas.

O mistério que permeia toda a história não deixa de ser envolvente, complexo, intrincado e sua resolução está realmente à altura. Assim, conceitualmente o roteiro não decepciona.

Entretanto há temas adjacentes que fazem parte da história que inevitavelmente provocam certo incômodo. Por exemplo: se Lyle e seu grupo são investigadores porque convidam Libby para participar ativamente da investigação e não simplesmente coletam o depoimento dela? Porque ela tem que sair atrás de supostas testemunhas (ou suspeitos) quando de posse do mesmo conhecimento, Lyle e seus amigos poderiam fazer o mesmo? A resposta existe, mas não convence: para dar o tom emocional na narrativa, pois dessa forma Libby visitaria seu próprio passado, os tais lugares escuros que dá nome ao título.

Também incomoda o estilo de filmagem do diretor que em suas tomadas insiste em fazer uma leve aproximação de câmera nos personagens como se fosse para dar um estilo documental, o qual nunca é cogitado. E finalmente o último ato que tinha tudo para um bom clímax é estragado por uma incoerência absurda e inexplicável (se não entendeu qual é a incoerência, pergunte nos comentários que eu respondo).

Lugares Escuros” é um suspense meio padrão do subgênero que vai e volta nos flashbacks que tem uma história cativante, mas uma execução deficiente. Talvez no livro fique melhor.

Ficha Técnica

Elenco:
Charlize Theron
Nicholas Hoult
Christina Hendricks
Corey Stoll
Chloë Grace Moretz
Tye Sheridan
Sterling Jerins
Andrea Roth
Sean Bridgers
J. LaRose
Shannon Kook
Jennifer Pierce Mathus
Natalie Precht
Madison McGuire

Direção:
Gilles Paquet-Brenner

Produção:
Azim Bolkiah
A.J. Dix
Matt Jackson
Beth Kono
Stéphane Marsil
Matthew Rhodes
Cathy Schulman
Charlize Theron

Fotografia:
Barry Ackroyd

Trilha Sonora:
Gregory Tripi

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑