Malévola: Dona do Mal (“Maleficent: Mistress of Evil”)

https://www.youtube.com/watch?v=EQvOkjxsO0kv

A equação aqui é simples: quem gostou do primeiro, deve gostar do segundo e o inverso se aplica. É a mesma história, com alguns elementos a mais e outros a menos. Tanto que estranhamente a própria introdução já diz que Malévola voltou a ser temida e tida como um ser das trevas. No último ato há uma explicação meio forçada, mas tudo bem.

Angelina Jolie que não dava as caras no cinema desde o seu “À Beira Mar” sempre caiu muito bem nesse papel e seu personagem fica indignada quando sua afilhada, a já rainha Aurora (Elle Fanning de “O Demônio de Neon”) vai se casar com um príncipe de outro reino. Pra piorar a mãe do príncipe, Rainha Ingrith (Michelle Pfeiffer de “O Mago das Mentiras”) tem planos malignos para as nossas heroínas. E daí vai começar mais uma vez a batalha entre os humanos contra os seres mágicos.

Joachim Rønning de “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar” fez um verdadeiro espetáculo visual potencializado pela fotografia de Henry Braham (“Guardiões da Galáxia 2”) e por efeitos especiais de ponta, com destaque para os diversos mundos dentro da fortaleza das criaturas aladas da mesma espécie da protagonista (não é spoiler, pois elas aparecem no trailer).

Além disso, Jolie está mais solta e com humor bem afiado, ao mesmo tempo em que veste com perfeição os momentos dramáticos. Elle Fanning não fede nem cheira, mas Michelle Pfeiffer está deliciosamente má.

Apesar de, como citado, a história meio que se repetir, os temas já tratados como as relações entre mãe e filha, amadurecimento e amor são recontados com frescor de uma primeira vez.

Talvez o ponto fraco é a viagem que fizeram na mitologia da origem de Malévola que acabaram manipulando para a conveniência do roteiro sem que haja muito sentido ou que se dê a mínima satisfação ao espectador, principalmente no desfecho.

A continuação é quase tão bom com o original com Angelina Jolie ainda melhor e ótimas pitadas de humor, numa historinha bem estilo Disney, mas que funciona.

Curiosidades:

– Seu lançamento foi propositalmente para comemorar os 60 anos do clássico “A Bela Adormecida” de 1959.
– Em alguns países, o subtítulo “A Dona do Mal” foi usado no primeiro filme o que causou certa confusão agora.

Ficha Técnica

Elenco:
Angelina Jolie
Elle Fanning
Harris Dickinson
Michelle Pfeiffer
Sam Riley
Chiwetel Ejiofor
Ed Skrein
Robert Lindsay
David Gyasi
Jenn Murray
Juno Temple
Lesley Manville
Imelda Staunton
Judith Shekoni
Miyavi

Direção:
Joachim Rønning

Produção:
Duncan Henderson
Angelina Jolie
Joe Roth

Fotografia:
Henry Braham

Trilha Sonora:
Geoff Zanelli

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑