Mama

Genre :
Actor :
Director :
Country : ,
Release Date : 2013

Mama” é baseado no curta metragem assustador abaixo e chamou a atenção do mestre Guillermo del Toro que acreditou na visão do diretor iniciante Andrés Muschietti em transformar três minutos de duração do curta num longa metragem de 100 minutos.

Duas crianças são abandonadas na floresta em condições misteriosas e cinco anos mais tarde são encontradas quase em estado selvagem. Elas são levadas para casa do tio (visto que seus pais morreram), o qual é casado com Anabelle (a camaleônica Jessica Chastain de “A Hora Mais Escura”). O que ela não sabe é que as crianças trouxeram junto consigo um espírito que elas chamam de Mama, o qual tem um sentimento possessivo com as meninas e fará de tudo para tirar aqueles que estão em seu caminho.

Apesar de não haver nenhum tema de extrema originalidade, é louvável que o roteiro e por conseguinte seu diretor consigam ter e contar uma história sem afetações, sem abusar de clichês do gênero e sem finais absurdamente incoerentes, coisa rara na Hollywood de hoje. O filme engendra bons sustos e, em sua maioria, orgânicos, principalmente pela boa atuação das atrizes mirins, cerne da história.

Pra não dizer que a produção é impermeável a falhas, há algumas poucas manipulações desnecessárias como o fato dos personagens insistirem em visitar o lugar mais assombrado justamente na parte da noite o que é um total contrassenso em todos os sentidos. Ok, uma dessas cenas é também uma das mais assustadoras do filme, provando que a combinação escuro + flash de câmera continua provocando tensão máxima. E para dar o toque de tensão, a trilha de Fernando Velázquez (“O Impossível“) é categórica em sua meticulosidade.

Destaca-se também a cena em primeira pessoa que reconstitui a tragédia que dá origem ao espírito e a tenacidade de se contar de maneira bastante implícita porque o espírito não matava todos da mesma forma. Algo que nem todos vão pescar e que conto aqui na sentença abaixo. Para ler (contém spoilers), basta passar o cursor selecionando o texto:

Repare que ela mata qualquer pessoa que faça mal às meninas, mas poupa quem as ama de verdade, por mais que sinta ciúmes e queira as meninas só para si. A exceção é a tia das meninas que apesar de amá-las, é considerada uma antagonista. Mas repare que ela morre devido a um efeito colateral da possessão de seu corpo por Mama e não necessariamente através da mão do espírito. Além disso, o espírito parece precisar da própria energia da vida para se manter, já que suga das meninas (explicação dos hematomas) e da própria Anabelle (vide hematoma nas costas). E é nessa passagem de energia que ela revela, provavelmente sem querer, a sua tragédia de vida e de morte.

Mama” é aquele tipo de filme que mesmo sem grandes atrativos narrativos, sabe muito bem como contar uma história. É um arroz com feijão dos melhores.

Ficha Técnica

Elenco:
Jessica Chastain
Nikolaj Coster-Waldau
Megan Charpentier
Isabelle Nélisse
Daniel Kash
Javier Botet
Jane Moffat
Morgan McGarry

Direção:
Andy Muschietti

Produção:
J. Miles Dale
Guillermo del Toro
Barbara Muschietti

Fotografia:
Antonio Riestra

Trilha Sonora:
Fernando Velázquez

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑