MIB: Homens de Preto – Internacional (“Men in Black: International”)

Por um Thor e uma Valkyria que esse novo MIB não é ruim de verdade. Decididos a embolsar mais dinheiro, mas cientes de que os icônicos Will Smith e Tommy Lee Jones jamais voltariam para seus papéis, decidiram partir do zero com umas poucas referências à série original e convidar os atores quentes de Hollywood. E daí pegaram Chris Hemsworth e Tessa Thompson, que mostraram sua ótima química em “Thor: Ragnarok”, além da credibilidade de Liam Neeson (“Vingança à Sangue Frio”) para tentar fazer essa trama meio desajustada pegar no tranco.

Depois de uma breve introdução de como Molly (Thompson) se tornou a agente M, ela e o agente H (Hemsworth – coincidência?) tem que investigar uma conspiração envolvendo uma tal de colmeia que pode estar relacionado com uma arma poderosa o suficiente para destruir o universo.

A narrativa é enrolada, muitas vezes inconsistente e, ao olhar em retrospecto, cheia de furos. A própria ação é, por muitas vezes, descuidada, e conta com a tolerância do espectador para não se desestruturar.

Daí é justamente o elenco, ou melhor a dupla principal, mais a criaturinha Pawny (na voz de Kumail Nanjiani de “Doris – Redescobrindo o Amor”) que salvam o dia, ou melhor, não deixam o barco afundar. A química funciona perfeitamente, mesmo. A veia cômica de Hemsworth é ótima, mesmo que às vezes ele se deixe levar um pouco. Tessa Thompson, além de ser um charme, está na medida certa e prova todo o seu potencial humorístico.

Os efeitos especiais estão regulares e as piadas de forma geral só funcionam quando os protagonistas são o centro delas. O diretor F. Gary Gray de “Velozes e Furiosos 8” tentou imitar as velhas piadas da série, mas fica aquela sensação de mofo no ar.

MIB: Homens de Preto Internacional” é apenas uma reciclagem nas coxas do original que só não melou por causa de seu elenco que salvou o mundo, mas quase não salva o filme.

Curiosidades:

– Os atores que interpretam os gêmeos aliens são irmãos gêmeos de verdade e não duplicados por efeitos especiais.
– Alguns dos principais artistas do elenco, Chris Hemsworth, Tessa Thompson, Rafe Spall, e Rebecca Ferguson nasceram no mesmo ano, 1983.

SPOILER – SÓ LEIA SE JÁ VIU O FILME!

– Há uma cena em que a agente M vê uma tela onde são rastreados aliens que acabam virando celebridades disfarçadas. Em cada país a cena foi editada para ser alguém conhecido naquela cultura. No Brasil, aparece o Sérgio Malandro!
– A cena final é uma versão exata do final do clássico De Volta Para o Futuro de 1985!

Ficha Técnica

Elenco:
Chris Hemsworth
Tessa Thompson
Kumail Nanjiani
Rebecca Ferguson
Rafe Spall
Emma Thompson
Liam Neeson
Laurent Bourgeois
Larry Bourgeois
Kayvan Novak
Spencer Wilding
Marcy Harriell
Inny Clemons
Aaron Serotsky
Mandeiya Flory

Direção:
F. Gary Gray

Produção:
Laurie MacDonald
Walter F. Parkes

Fotografia:
Stuart Dryburgh

Trilha Sonora:
Chris Bacon
Danny Elfman

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑