Nós (“Us”)

Jordan Peele cineasta que fez diferente ao trazer o sensacional “Corra!” em sua estréia como diretor, dessa vez faz mais diferente ainda. Só que agora o nível de satisfação do espectador será proporcional ao quanto ele vai querer aceitar (ou engolir) dessa trama tão peculiar.

Lupita Nyong’o e Winston Duke (ambos de “Pantera Negra”) são o casal Adelaide e Gabe e vão com seus dois filhos passar um feriado em sua casa de praia quando de noite ela é invadida por uma família igualzinha a eles, mas com um instinto assassino e eles tem que fazer o possível para sair dessa com vida e ainda descobrir o mistério por trás desses ”clones”.

O filme é uma sequência de cenas com bastante tensão, permeadas por um toque de humor, às vezes até grosseiro (a referência a “Esqueceram de Mim” é ótima) e tem êxito justamente em criar um clima essencialmente de terror. Há até uma divisão de trabalhos: enquanto Winston Duke pega as piadas, Lupita Nyong’o fica com a carga dramática, o que foi acertadíssimo, visto que logo no início ela se coloca como a líder o que dá uma interessante dinâmica ao casal.

Só que a partir da segunda metade, a trama toma uma dimensão cuja explicação não é óbvia, é incompleta e pode desagradar aqueles que preferem uma narrativa mais redonda com as pontas amarradas. De fato, a não ser que haja uma continuação, é muito difícil pensar num cenário em que as poucas explicações dadas façam algum sentido.

A condução da reviravolta é muito bem feita, mas o diretor entrega os pontos logo no início e quem tiver um pouquinho de atenção vai matar a charada em menos de 20 minutos de filme.

Com poucos efeitos especiais, a produção é criativa ao mostrar muito sangue sem necessariamente apelar para a violência explícita. Se bem que não seria uma má idéia se aproximar do trash ou ter um toque de Spike Lee e homenagear a blaxploitation da década de 70.

O que importa é que “Nós” tem uma narrativa que prende o espectador até o último minuto, mas as idéias não são todas bem desenvolvidas e algumas acabam ficando pelo caminho.

Curiosidades:

– Lupita Nyong’o e Winston Duke foram colegas de classe no curso de Drama da Universidade de Yale.
– Na primeira cena (da TV), há uma fita de vídeo cassete escrita 1:44h. Essa é a duração do filme.
– Há várias referências com o número 11:11 e uma delas é o versículo Jeremias 11:11, sinal segurado por um personagem. O versículo diz: “Portanto assim diz o Senhor: Eis que trarei mal sobre eles, de que não poderão escapar; e clamarão a mim, mas eu não os ouvirei.

Ficha Técnica

Elenco:
Lupita Nyong’o
Winston Duke
Elisabeth Moss
Tim Heidecker
Shahadi Wright Joseph
Evan Alex
Yahya Abdul-Mateen II
Anna Diop
Cali Sheldon
Noelle Sheldon
Madison Curry
Ashley Mckoy
Napiera Groves
Lon Gowan

Direção:
Jordan Peele

Produção:
Jason Blum
Ian Cooper
Sean McKittrick
Jordan Peele

Fotografia:
Mike Gioulakis

Trilha Sonora:
Michael Abels

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑