Nunca Diga Seu Nome (“The Bye Bye Man”)

Genre :
Actor : , , ,
Director :
Country : ,
Release Date : 2017

A premissa de que uma entidade maligna se propaga pelo simples fato de você saber que ela existe não deixa de ser interessante, sendo uma ramificação derivada do tema de “O Chamado”. Só que em momento algum essa premissa é desenvolvida, deixando o espectador simplesmente vendo o modus operandi da tal criatura.

Três jovens alugam um casarão antigo e lá encontram uma escritura escondida contendo o nome do “Bye Bye Man” (o fato de em português o nome do espírito ser Homem Tchau Tchau não ajuda, né?) e só pelo fato dessa descoberta, eles começam a ser assombrados com visões cada vez mais reais de forma a não saberem mais diferenciar realidade de ilusão. Dessa maneira fica fácil manipulá-los para causar mortes. Então eles têm que arranjar um jeito de deter a criatura antes que eles se matem ou a terceiros.

O maior problema do roteiro é que ele contém elementos da origem do Bye Bye Man – trem, cachorro, moedas – porém em nenhum momento elas remontam qualquer história que seja. Ao contrário, a narrativa fica batendo no mesmo ponto que já descobrimos só de ver o trailer que é o fato dele atacar aqueles que sabem de sua existência mesmo apenas pelo nome. É claro (eu espero) que na continuação devem mostrar a sua origem, mas jogar elementos a esmo sem a mínima linha de raciocínio não só faz a história perder o sentido como também perde o raciocínio e o ritmo, visto que independentemente de haver continuação, a trama fica cheia de quebras.

Pior do que isso é que o filme é desprovido de sangue. A sequência inicial do tiroteio é totalmente higiênica e asséptica como se tivessem até esquecido dos efeitos de sangue digital. O elenco genérico não prejudica nem contribuiu, mas pelo menos desempenha bem algumas poucas, mas boas surpresinhas lá pelo terceiro ato.

Nunca Diga Seu Nome” é um filme pela metade, onde faltou conteúdo relevante e sobrou as bobagens de sempre dos filmes do gênero. Pelo menos a continuação (se houver) pode ter potencial para consertar essas falhas.

Curiosidades:
(SPOILER) – Leia por sua conta e risco.

O filme se baseia no livro “A Ponte da Ilha dos Corpos” (tradução literal), sendo que o Bye Bye Man era um homem albino nascido em 1912 na cidade de New Orleans que fora abandonado numa estação de trem e ficou cego. Sua obsessão o levou a assassinar pessoas para arrancar suas línguas e olhos e num ritual de magia negra, poder enxergar novamente. Com esses rituais contínuos ele se deformou, além de fazer o mesmo com seu cachorro, transformando-se numa demoníaca criatura com o cachorro o ajudando a pegar as suas presas.

Ficha Técnica

Elenco:
Douglas Smith
Lucien Laviscount
Cressida Bonas
Doug Jones
Michael Trucco
Jenna Kanell
Erica Tremblay
Marisa Echeverria
Cleo King
Faye Dunaway
Carrie-Anne Moss
Leigh Whannell
Keelin Woodell

Direção:
Stacy Title

Produção:
Simon Horsman
Trevor Macy
Jeffrey Soros

Fotografia:
James Kniest

Trilha Sonora:
The Newton Brothers

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑