O Estranho que Nós Amamos (“The Beguiled”)

Genre : ,
Actor : , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2017

Baseado no livro de Thomas Cullinan lançado em 1966, esta é a segunda adaptação após o filme homônimo de 1971 estrelado por Clint Eastwood. Agora é Sophia Coppola, que dirigiu “Bling Ring: A Gangue de Hollywood”, quem conduz esse suspense dramático onde, em meio a guerra civil, uma casa para jovens mulheres comandada a punho de ferro pela Srta. Martha (Nicole Kidman de “Uma Longa Viagem”) é virada do avesso com a descoberta nos arredores de um soldado ianque (inimigo dos sulistas) ferido. Quando elas levam o soldado John (Colin Farrell de “O Lagosta”) para a grande mansão, as poucas meninas que também se encontram isoladas focam ouriçadas principalmente a segunda mais velha Edwina (Kirsten Dunst de “Estrelas Além do Tempo” e a novinha danadinha Elle Fanning (“Virgínia”). Essa perigosa dinâmica pode despertar o pior dessas aparentemente castas mulheres.

Talvez um dos filmes mais acessíveis da filha do mestre Francis Ford Coppola, onde ela encontra o ponto certo para instigar o elenco a dar o seu melhor, mostrando talvez a melhor atuação de Nicole Kidman em décadas. Eles conseguem um nível de sutileza que fazem a tensão dentro da casa crescer por manipular o espectador ao ponto dele não saber quais são as verdadeiras intenções de cada personagem, até porque os personagens foram desenhados com uma profunda complexidade e suas próprias motivações e propósitos mudam ao longo da trama.

Para tornar a narrativa ainda mais densa, a diretora filma num enquadramento de 1.66 : 1 para dar uma sensação mais claustrofóbica. O público pode ficar um pouco incomodado com um anti-climax que leva a uma rápida conclusão, mas não deixa de fechar com uma perturbadora imagem que quase remete a um filme de terror.

Por isso, “O Estranho que Nós Amamos” potencializa o quão perturbador pode ser a relação entre pessoas dentro de um grupo quando surge uma adversidade e as distorcidas razões que fazem com que atos indignos possam ser auto perdoados. Sophia Coppola não está comercial, mas já amplia seu nicho. Recomendado.

Curiosidades:

– Sophia Coppola queria que Kirsten Dunst fizesse dieta e musculação para ficar mais atraente em seu papel, mas ela se recusou. Como são amigas, ficou por isso mesmo.
– Segundo Colin Farrell, foi o melhor ambiente de filmagem que ele participou em sua vida.
– O filme quase entra em crise quando todos os vestidos de época estragaram por causa que colocaram os produtos químicos errados na hora de lavar. Tiveram que partir do zero em tempo recorde.
– As cenas internas foram feitas na casa da atriz Jennifer Coolidge (a mãe do Stiffer de “American Pie”).
– Já as cenas internas foram as mesmas do clipe e ensaio do álbum de Beyonce: Lemonade.
– Colin Farrel e Clint Eastwood interpretaram o mesmo personagem, um em 2017 e outro na adaptação de 1971. Ambos dividem o mesmo aniversário: 31 de maio. Outra coincidência: o ano da primeira adaptação, 1971, foi quando Farrel nasceu.
– Colin Farrel foi proibido de lavar seu cabelo com xampu durante as filmagens.

Ficha Técnica

Elenco:
Colin Farrell
Nicole Kidman
Kirsten Dunst
Elle Fanning
Oona Laurence
Angourie Rice
Addison Riecke
Emma Howard

Direção:
Sofia Coppola

Produção:
Sofia Coppola
Youree Henley

Fotografia:
Philippe Le Sourd

Trilha Sonora:
Phoenix

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑