O Labirinto de Kubrick (“Room 237”)

Genre :
Actor : , , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2012

O Iluminado” de 1980 é um dos grandes clássicos do genial diretor Stanley Kubrick – falecido em 1999 – e que foi baseado na obra homônima do mestre do horror Stephen King. Este documentário apresenta diferentes visões com teorias conspiratórias onde Kubrick usaria os conceitos de propaganda subliminar, entre outros, para incutir diversas idéias no espectador.

Primeiro problema: ninguém da família de Kubrick ou qualquer um que se envolveu na produção de “O Iluminado” participa desse documentário. São praticamente cinco pessoas sem nenhuma grande credencial que adoram o filme e tem idéias malucas (outras nem tanto) sobre a metalinguagem do diretor dentro dessa obra. Então, a parte do fato de que estas pessoas já devem ter visto milhares de vezes o filme (eu só vi duas), o chute deles é tão bom quanto o meu ou o de vocês.

As idéias vão desde marcas de produtos fictícios que denotam assuntos completamente distantes da trama (num momento alguém fala: “então o filme é sobre a invasão americana sobre os índios”) até algumas ainda mais bizarras que enxergam sexualidade numa fração de segundo por causa de um determinado ângulo de câmera. Não que tudo seja descartável. Tem algumas teorias até bem boladas e comentários inteligentes. E só pra lembrar: todos os monólogos, são muito, muito monótonos.

Mas aí vem o segundo problema: qual a relevância disso como cinema e ainda como crítica à obra de Kubrick? Zero. A não ser que você seja um aficionado e tenha muito tempo a dispor. Daí a relevância passa de zero para um.

O Labirinto de Kubrick” é um dos documentários mais desnecessários que passaram pelos festivais que mistura alhos, bugalhos e apenas uma pitada de conteúdo aproveitável. Um simples making off já dá de dez nisso aqui.

Ficha Técnica

Elenco:
Bill Blakemore
Geoffrey Cocks
Juli Kearns
John Fell Ryan
Jay Weidner

Direção:
Rodney Ascher

Produção:
Tim Kirk

Trilha Sonora:
William Hutson
Jonathan Snipes

 

2 Comments

Leave us a comment

  • Clayton
    on

    Um documentário para nerds… Mas um grupo bem específico de nerds… Melhor, para um grupo bem específico de nerds dentro de um grupo específico de nerds. “O Iluminado” é um clássico, seja pela direção, seja pelas atuações e ponto. Fazer um documentário sobre teorias loucas ficaria divertido se feito em forma de curta metragem. Vá lá, meia hora. Mas uma hora e quarenta e quatro minutos, entrevistando desdo o vizinho do motorista de ônibus que passava na frente da casa dos amigos dos produtores, até o rapaz que mais alugou o filme na Pensilvânia!!! (mentira, puro exagero meu). Ok, eu assistí, mas porque era isso ou Zorra Total. Bons momentos? Tem, a idéia louca de sobrepor o filme de trás para frente sobre o filme rodando na ordem normal, e a análise da planta do hotel com seus quartos e janelas impossíveis de existirem… e só.

    • Aldo
      on

      Falou tudo! Abs!

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑