O Mistério de God’s Pocket (“God’s Pocket”)

Este fui o último filme que Philip Seymour Hoffman completou antes de falecer prematuramente por overdose de heroína em fevereiro de 2014. Ele, que ainda vai aparecer no cinema na parte final de “Jogos Vorazes”, é Mickey, um homem casado que vive na comunidade de God’s Pocket (que dá o título do filme) e leva uma vida ordinária entre seu trabalho de transportador de carne e pequenos delitos com a pequena máfia local.

As coisas começam a se complicar quando o filho de sua esposa Jeanie (a voluptuosa Christina Hendricks de “Não Sei Como Ela Consegue”) morre assassinado em seu trabalho, sendo que todos escondem a causa dizendo que foi um acidente. Daí Mickey arranja problemas com a máfia, com um jornalista que quer dar em cima de sua esposa (Richard Jenkins de “O Ataque”) e até mesmo com o dono da funerária que vai enterrar o jovem (Eddie Marsan de “Heróis de Ressaca”, impagável).

A obra é uma dramédia de humor negro muito parecida com os filmes escritos e dirigido pelos irmãos Coen com seu estilo de comédia de erros que relembra o clássico “Fargo”. Tem uma trama intrincada inteligente e que estimula a inteligência do espectador e atores bastante competentes, com destaque para o hilário John Turturro (“Amante a Domicílio“) como o melhor amigo de Mickey (a cena dele com a esposa num tiroteio é talvez uma das melhores) e, é claro, Eddie Marsan como já citado, fazendo o neurótico e vingativo dono da funerária.

O que separa essa produção da genialidade dos irmãos Coen é que, apesar de bons personagens, eles não têm profundidade, mas apenas são caricaturas que se encontram em contextos bem definidos pelo roteiro. Tanto é que conseguimos rotular todos com uma ou duas características no máximo. E mesmo Hoffman caprichando, seu Mickey muitas vezes chega a passar despercebido.

Existe algo poético em “O Mistério de God’s Pocket” e algo de deliciosamente sujo. Mas toda essa poesia urbana acaba rasa e sem capturar a atenção ou a empatia do espectador. Nada mais que um passatempo não comercial que vale ver com um pouco de paciência por causa das atuações.

Curiosidade: Estréia de John Slattery na direção de um filme. Ele ficou famoso na série Mad Men e aproveitou pra contratar sua parceira de cena na série Christina Hendricks.

Ficha Técnica

Elenco:
Philip Seymour Hoffman
Richard Jenkins
John Turturro
Christina Hendricks
Eddie Marsan
Caleb Landry Jones
Jack O’Connell
Eddie McGee
Molly Price
Domenick Lombardozzi

Direção:
John Slattery

Produção:
Lance Acord
Jackie Kelman Bisbee
Sam Bisbee
Philip Seymour Hoffman
John Slattery
Emily Ziff

Fotografia:
Lance Acord

Trilha Sonora:
Nathan Larson

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑