Ondine (EUA, Irlanda / 2010)

Genre :

Neil Jordan consegue fazer bons filmes desde os épicos como espetacular “Entrevista com o Vampiro” até mais intimistas como “Café da Manhã em Plutão“. Em Ondine ele aprofunda mais sua forma bucólica contando a história do pescador irlandês Syracuse (Colin Farrell de “Coração Louco“) que literalmente pesca uma mulher em sua rede. Ela pouco se lembra do seu passado e diz se chamar Ondine. Algumas indicações levam a crer que ela possa ser uma sereia e, é claro, os dois devem se apaixonar.

Com um roteiro muito bem elaborado, Jordan conseguiu situar algo que pode ser fantástico (a probabilidade de Ondine ser uma sereia), mas calcado num mundo bastante real com personagens claramente incrédulos dessa possibilidade, sem que com isso o espectador tivesse sua inteligência insultada. Os diálogos são tão bem colocados que o público fica sempre com a pulga atrás da orelha por mais que a realidade possa falar mais alto (a cena em que um estranho fala pra Ondine sobre falar a “língua deles” é de um nível genial). É claro que o fato de a estreante Alicja Bachleda ser hipnotizante como uma sereia contribui ainda mais para apimentar o mistério.

Farrell entrega uma performance excelente e bem diferente dos tons monocórdicos de filmes passados. Seu personagem como um ex-alcoólatra que vive o drama da filha pequena com insuficiência renal, ao invés de desviar a atenção da platéia, condensa e agrega ainda mais na trama. Destaque também para Stephen Rea (“Rota de Colisão“) que tem uma parceria de mais de dez filmes como o diretor e aqui é o padre, funcionando como a consciência de Syracuse, bem como um leve alívio cômico. E finalmente, palmas para a estreante e encantadora atriz mirim Alison Barry como filha do protagonista.

A fotografia de Christopher Doyle (“Paris, Te Amo“) combinado com a trilha de Kjartan Sveinsson (que não por acaso, lembra acordes de Enya e Loreena McKennitt) são impecáveis e criam todo o clima de romance, drama e tensão quando o momento chega. “Ondine” consegue ser um filme menor em tamanho, mas com uma força capaz de tocar até o cinéfilo mais exigente. O diretor Neil Jordan aumenta ainda mais seu portfólio de produções com nível acima da média. Praticamente um conto de fadas real.

[rating:4]


Ficha Técnica

Elenco:
Colin Farrell
Alicja Bachleda
Stephen Rea
Tony Curran
Dervla Kirwan
Alison Barry
Emil Hostina

Direção:
Neil Jordan

Produção:
TiBen Browning
James Flynn
Neil Jordan

Fotografia:
Christopher Doyle

Trilha Sonora:
Kjartan Sveinsson

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑