Os Brutamontes (“Goon”, EUA, 2011)

Genre : ,

É difícil ver o Seann William Scott e não ter uma associação imediada ao seu Stiffer de “American Pie”. Parece que todo papel que ele faz, é o Stiffer. Aqui não muda muito.

Com a alcunha de Doug, nosso protagonista é um leão de chácara que aguenta muita porrada (e dá também) e não tem muita coisa na cabeça. Ele é convocado para o time de hockey, menos pela sua técnica pífia e mais pelas suas habilidades na briga, sendo chamado na pista de gelo, toda vez que ele tem que espancar algum jogador do adversário.

Depois de “Uma Noite Mais que Louca”, essa é a segunda chance de fazer comédia que o diretor Michael Dowse desperdiça. Insistindo no tema do excluído que acha seu espaço no time e acreditando piamente no carisma de Scott (que ele até tem), Dowse se entrega no piloto automático ao explorar clichês batidos num arco de história óbvio que leva o personagem a evoluir ao longo de um campeonato previsível, incluindo uma rivalidade pessoal que sempre existe nos filmes do gênero, sendo aqui com o veterano Ross (Liev Schreiber de “Salt”).

Como já foi dito, o destaque é o próprio Scott que, como Doug, acaba sendo um cara brutamontes, mas sentimental. E todas as melhores cenas derivam dessa premissa.

Sem inspiração para canalizar situações potencialmente engraçadas para boas gargalhadas ou para aproveitar o elenco para explorar um lado mais sentimental, “Os Brutamontes” passa praticamente despercebido. Até o pai de Jim de “American Pie”, aqui é coincidentemente o pai de Doug, mas está longe de ter a mesma graça.

Com poucos momentos genuinamente engraçados, “Os Brutamontes” tem tudo a ver com o hockey: por pouco não vira uma gelada.
[rating:2.5]

Ficha Técnica

Elenco:
Seann William Scott
Jay Baruchel
Alison Pill
Liev Schreiber
Eugene Levy
Marc-André Grondin
Kim Coates
Nicholas Campbell
Richard Clarkin
Jonathan Cherry
George Tchortov
Karl Graboshas

Direção:
Michael Dowse

Produção:
Jay Baruchel
Don Carmody
Ian Dimerman
David Gross
André Rouleau

Fotografia:
Bobby Shore

Trilha Sonora:
Ramachandra Borcar

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑