Pequena grande vida (“Downsizing”)

Genre : ,
Actor : , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2017

O diretor Alexander Payne – do aclamado “Nebraska” – fez um filme cabeça a partir de uma trama simples com alto potencial cômico. Talvez tenha sido “cabeça” demais.

Matt Damon (“A Grande Muralha”) é Paul, um cara de classe média que tenta com sua esposa (Kristen Wiig de “Mãe!”) melhorar de vida – e de quebra ajudar a salvar o mundo – encolhendo de tamanho após essa descoberta ser feita. Após descobrir que sua esposa deu pra trás na última hora quando ele já estava diminuto, ele tenta encontrar um sentido para sua solitária vida em sua cidade em miniatura e acaba conhecendo um vizinho muito louco (Christoph Waltz de “A Lenda de Tarzan”) e uma refugiada vietnamita (a atriz tailandesa Hong Chau de “Vício Inerente”) que vão fazer Paul refletir sobre todo o seu propósito existencial.

Pois é, a produção é justamente a busca do protagonista por esse propósito e é interessante como o roteiro discute minuciosamente as várias consequências de se tornar menor e como isso afeta o meio ambiente, as outras pessoas e a si mesmo. Ele entre no detalhe de costumes e transformações culturais que advém disso. É tanta filosofia que o propósito de entreter parece ter ficado em segundo plano. Primeiro que essa jornada de autodescobrimento de Paul, apesar de interessante, é longa demais – aliás o filme tem mais de duas horas de duração – e o espectador deve sair cansado, ou melhor, exausto do filme, pois são tantas coisas que acontecem que fica a dúvida se compensa a mensagem final. Não que não seja interessante´. Ao contrário: as discussões são ricas, mas num filme que cambaleia para um “Querida, Encolhi As Crianças”, o excesso de discussões existenciais, principalmente algumas com resultado óbvio, às vezes atrapalha mais que ajuda.

Matt Damon está ótimo e tem cenas onde seu timing cômico faz toda a diferença como aquela em que ele prova ecstasy numa festa. Porém é Hong Chau que rouba todas as cenas. Ela consegue ir da comédia rasgada ao drama romântico com uma simples mudança de olhar: ver suas primeiras cenas com Paul em contraste com a sequência do barco é algo admirável quando se fala da versatilidade de uma artista. Não é a toa que ela foi indicada ao Globo de Ouro.

Finalmente, destaque para a trilha de Rolfe Kent (“Refém da Paixão”) que também consegue transcender gêneros e, em particular compõe a ótima sequência da miniaturização de Paul.

Pequena Grande Vida” tem muito conteúdo e ótimas risadas, só que tudo escondido numa discussão existencial que se alonga demais e numa cansativa e autoindulgente condução.

Curiosidades:

– Há uma cena em que a mãe de Paul (Matt Damon) diz que a tecnologia já levou o homem à lua, mas não cura a sua dor lombar. É uma piada interna, já que Matt Damon já esteve “Perdido em Marte”.
– Outra cena com a mãe de Paul: ela diz que o cientista que fez a descoberta do encolhimento é suíço e Paul a corrige dizendo que ele é norueguês. Apesar do personagem do cientista ser realmente norueguês o ator que o interpreta, Rolf Lassgård, é suíço.
– A cena do trailer onde os personagens diminutos bebem vodka de uma garrafa gigante (ou melhor, de tamanho normal) não aparece no filme.
– O pai de Matt Damon veio a falecer no dia da estreia do filme nos EUA.

Ficha Técnica

Elenco:
Matt Damon
Christoph Waltz
Hong Chau
Kristen Wiig
Rolf Lassgård
Ingjerd Egeberg
Udo Kier
Søren Pilmark
Jayne Houdyshell
Jason Sudeikis
Maribeth Monroe
James Van Der Beek
Neil Patrick Harris
Laura Dern
Niecy Nash
Margo Martindale

Direção:
Alexander Payne

Produção:
Jim Burke
Megan Ellison
Mark Johnson
Alexander Payne
Jim Taylor

Fotografia:
Phedon Papamichael

Trilha Sonora:
Rolfe Kent

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑