Plano de Fuga (“Get the Gringo”, EUA, 2012) ***NOS CINEMAS***

Genre : , ,

Em 1999 Mel Gibson fez o ótimo “O Troco”, onde era um ladrão sem escrúpulos decidido a recuperar a sua grana de um roubo após ter sido traído. “Plano de Fuga” poderia muito bem ter sido a continuação, já que Gibson interpreta um personagem exatamente igual e tão carismático quanto. Aliás, pode até ser, já que o protagonista nunca diz seu nome verdadeiro.

Ele e seu parceiro roubam de um mafioso e são perseguidos até a fronteira do México, onde tudo dá mais errado ainda e o nosso anti-herói é preso e jogado numa prisão mexicana que mais parece uma grande favela (“Cidade de Deus” veia à mente). De dentro dessa prisão, o esperto ladrão tem que mexer os pauzinhos para sobreviver e recuperar seu dinheiro sem ser morto pelos inúmeros inimigos que o perseguem.

Escrito e produzido pelo próprio Mel Gibson, protagonista mais de polêmicas pessoais do que de obras cinematográficas, o filme parece um grito de libertação de toda a hipocrisia de Hollywood, já que aqui o crime parece compensar e quanto menos escrúpulos se tiver, melhor. As cenas na prisão mexicana são chocantes pela imundice degradante tanto das dependências quanto espiritualmente de seus detentos. A violência é mais que explícita e parece fazer questão de se mostrar em longas cenas de tiroteio onde as balas transpassam e explodem nas mais diversas partes dos corpos dos oponentes. É como uma cena de “Coração Valente” dentro de uma prisão mexicana.

Apesar de tudo isso, é uma comédia e das boas. Além do charme de Mel Gibson que faz o politicamente incorreto parecer brilhante, a trilha sonora inspiradíssima nas músicas da terrinha (de lá) é feita por um brasileiro! Isso mesmo, Antônio Pinto filho de ninguém menos que o cartunista Ziraldo, e que ainda foi responsável pelas trilhas do ótimo “Senna” e de “Vips”.

O destaque vai para o rico roteiro que consegue amarrar todas a cadeia de acontecimentos – e não são poucos – de forma consistente sem nunca comprometer o caráter do personagem, ou melhor, a falta dele. Mesmo quando ele faz algo de bom, acaba mais sendo coincidência ou oportunismo do que sua índole. E ainda dá brilhantes toques cômicos como na cena sobre o sonho do nosso querido criminoso.

Plano de Fuga” é um filme bem diferente, o que é ótimo, mesmo que sua estética não agrade aos mais comerciais. É bom poder encher o peito e dizer que finalmente Mel Gibson está de volta como ator depois de longos anos amargando hiatos e fracassos.
[rating:4]

Ficha Técnica

Elenco:
Mel Gibson
Peter Stormare
Dean Norris
Sofía Sisniega
Kevin Hernandez
Stephanie Lemelin
Bob Gunton
Scott Cohen
Dolores Heredia
Jesús Ochoa
Daniel Giménez Cacho
Tenoch Huerta

Direção:
Adrian Grunberg

Produção:
Bruce Davey
Mel Gibson
Stacy Perskie

Fotografia:
Benoît Debie

Trilha Sonora:
Antonio Pinto

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑