Segunda Chance Para o Amor (“Purple Violets”, EUA, 2007)

Genre :

[youtube lySA4x0jS18]

Edward Burns (“Noivo em Fuga“) tem algumas semelhanças com o mestre Woody Allen (“Tudo Pode dar Certo“): ele adora filmar em Nova York, gostar de variar estilos entre a comédia e o drama, costuma atuar em seus próprios filmes e tem um bom relacionamento a ponto de chamar artistas do time A de Hollywood. Mas quando chega em talento, as afinidades param por aí. Essa nova incursão em um romance salpicado com pedaços de drama e comédia – expressão que por si só já devia constituir um gênero – pode ser denominado no máximo como morno.

Só a capa do filme (vide abaixo) que já pode ser comparada a tantas outras iguaizinhas (vide aqui) já remete à falta de comprometimento com o refinamento, originalidade ou ousadia.

Resumindo a trama, Brian e Michael (Patrick Wilson de “O Vizinho” e o próprio Burns) são dois melhores amigas que num dado dia encontram no restaurante (daqueles que aparecem na novela das 8h) suas ex-namoradas, Patti e Kate (respectivamente Selma Blair de “Hellboy II” e Debra Messing de “Mulheres – O Sexo Forte“), as quais também são melhores amigas. Essa reaproximação vai mexer com a vida de todos, já que Patti é casada, mas infeliz e Kate sempre guardou ressentimentos por Michael, um ex-alcóolatra.

Daí o espectador tem que agüentar 103 minutos de idas e vindas, encontros e desencontros e, apesar de ser latente a boa intenção com que o diretor construiu a obra, é impossível não se saturar com o excesso de contemplação, diálogos pífios e uma trilha sonora que não consegue acompanhar a ação (repare que ela só aparece em momentos de pura calmaria).

O último ato chega a ser um regozijo pelo que acontece, mas só se o público não tiver pressa. O elenco está correto e as performances são carismáticas. Aliás, o próprio Burns parece ter tomado boas aulas de atuação, pois está com um timing cômico e expressões bem diferentes de sua mesmice habitual. Sim, “Segunda Chance Para o Amor” pode até ser bonito. Mas mais do que isso: é chato.

[rating:2]


Ficha Técnica

Elenco:
Selma Blair
Edward Burns
Patrick Wilson
Debra Messing
Dennis Farina

Direção:
Edward Burns

Produção:
Margot Bridger
Edward Burns
Aaron Lubin
Nicole Marra
Pamela Schein Murphy

Fotografia:
William Rexer

Trilha Sonora:
P.T. Walkley

 

1 Comment

Leave us a comment

  • Rodrigo Dias
    on

    Achei muito exagerada a crítica, a trilha sonora é incrível, esqueceu de colocar o The Blue Jackets ali, e se você ao menos assistiu o filme, percebe que a música não aparece só na calmaria, é o tipo de filme que cativa a maioria do público cult, se o espectador não curte DR, que procure outra coisa pra fazer com seus preciosos 103 minutos, ao invés de soltar essas análises toscas por ai.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑