Sentidos do Amor (“Perfect Sense”)

Genre : ,
Actor : ,
Director :
Country : , , ,
Release Date : 2011

Filmes que mostram qualquer tipo de armagedon, como meteoros, enchentes, doenças devastadoras entre outros, costumam ter um contexto épico onde o drama humano sempre é ofuscado pelo turbilhão de efeitos especiais e muita ação. É aí que está o grande diferencial desta produção.

Michael (Ewan McGregor de “Jack – O Matador de Gigantes”) trabalha como cozinheiro num restaurante perto da casa da cientista Susan (Eva Green de “Sombras da Noite”). Eles então engatam um romance. Com um detalhe: o mundo começa a passar por uma estranha epidemia onde os seres humanos perdem um a um, os sentidos do corpo (pra quem não lembra, aula de ciências: olfato, audição, paladar, visão e tato).

Apesar desse conflito ser mostrado em escala mundial de forma breve e com uma bela narração em off, seu foco é mesmo no relacionamento entre o casal protagonista. A atmosfera é criada a partir da mistura da atuação visceral de McGregor e Green, da trilha sonora minimalista de Max Richter (“A Chave de Sarah”), mas que entroniza perfeitamente a mensagem do filme e finalmente da direção e edição de David Mackenzie (“Olhar do Desejo”) que harmoniza todos esses elementos e constrói uma narrativa que se desenvolve a seu tempo sem cansar o espectador.

E além do público se emocionar com esse conturbado caso de amor que se torna ainda mais delicado pelo bizarro surto, ele ainda fica na expectativa do que acontecerá quando o próximo sentido do corpo se perder. É que entra a enorme competência do diretor que faz algo no terceiro ato que poderia ser denominado como poesia da catástrofe (não dá pra revelar aqui). “Sentidos do Amor” termina no paradoxo forte, porém singelo; duro, porém com esperança; e mostra que o amor é um sentimento e não um sentido.

Ficha Técnica

Elenco:
Eva Green
Ewan McGregor
Connie Nielsen
Denis Lawson
Stephen Dillane
Judith Anne Christie
Ewen Bremner

Direção:
David Mackenzie

Produção:
Gillian Berrie
Tomas Eskilsson

Fotografia:
Giles Nuttgens

Trilha Sonora:
Max Richter

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑