The Post: A Guerra Secreta (“The Post”)

Genre :
Actor : , , ,
Country : ,
Release Date : 2017

Steven Spielberg tem um ótimo timing: em pleno governo Trump onde as fake news são uma ameaça real a democracia (de todos os países, diga-se de passagem) e com isso há cada vez mais um ímpeto censor no governo, vem em boa hora a história de como a imprensa americana enfrentou o governo Nixon no início dos anos 70 e publicou papéis secretos que o comprometiam na Guerra do Vietnã.

A produção foca no Washington Post pela peculiar situação de que era o único jornal em ascenção que tinha uma mulher como dona (empowerment feminino é mais uma pauta da atualidade). Kay Graham é interpretada brilhantemente por Meryl Streep (“Florence: Quem é Essa Mulher”), como uma mulher que não sabe se merece o posto que tem, visto que o assumiu apenas por causa da morte do marido. Seu braço direito é o impetuoso Ben Bradlee (Tom Hanks de “O Círculo”), que se vê com os papéis secretos e se sente na obrigação de publicá-los, o que pode levar o jornal a sérias penalidades pela repressão do governo e até mesmo a prisão dos envolvidos.

O dom do diretor de “O Bom Gigante Amigo” foi fazer com que uma trama que envolve basicamente um peculiar pedaço da história dos EUA se universalizasse, fazendo com que qualquer espectador (inclusive e principalmente o brasileiro) se envolvesse com a história, já que se aprofunda mais do conceito do que no fato em si. Ele desenvolve a história sem pressa, mas criando uma tensão que é sentida na pele de cada personagem. Como estes criam afinidade no espactador, a fórmula funciona perfeitamente.

Streep e Hanks estão com uma química invejável e funcionam tanto sozinhos em cena como em dupla. Se bem que – vamos combinar – Streep está há anos luz com sua dualidade entre força e fragilidade, o que eleva a discussão da mulher em posições de poder num nível intelectual excelente.

Como perfeccionista que é, não dá pra não elogiar a excelente reconstituição de época pelo design de produção e também destaque para a trilha do mestre John Williams (duas palavras: “Star Wars”) que parece grudar em cada frame tornando a música quase parte do ambiente.

The Post” é um candidato óbvio ao Oscar pela sua realização e pelo que representa (apesar de eu achar que não será o vencedor) e mostra na real um drama histórico rico tanto em detalhes quanto em conteúdo. Uma aula de história pelo melhor professor.

Curiosidades:

– Tom Hanks conheceu ambos os protagonistas na vida real, Ben e Kay (no dia anterior à sua morte).
– Steven Spielberg já foi vizinho de Ben Bradley.
– Nas cenas que mostravam os papéis secretos, eles eram fotocópias dos reais.
– A voz de Nixon nas ligações eram realmente dele, pois todas as ligações do presidente são gravadas e as estas em particular gravações são de domínio público.
– A cena final é sobre o início do que será o escândalo de Watergate, o que um pouco mais tarde acabaria de vez com o governo Nixon. Detalhe: em “Forrest Gump”, – Tom Hanks interpreta o próprio e ele é testemunha (ficcional, é claro) desse escândalo.
– Com esse filme, Tom Hanks ultrapassa Harrison Ford como o ator que mais trabalhou com Steven Spielberg.
– Apesar do filme ter como protagonista o jornal The Washington Post, quem ganhou o prêmio Pulitzer de jornalismo em 1971 foi o New York Times pelos artigos da revelação dos papéis secretos. Mas Spielberg preferiu falar do The Washington Post pelo drama adicional envolvendo a sua dona.
– Foi o filme mais rápido da carreira de Spielberg: entre sua concepção (roteiro), execução (filmagens) e finalização (pós produção) foram apenas 9 meses.

Ficha Técnica

Elenco:
Meryl Streep
Tom Hanks
Sarah Paulson
Bob Odenkirk
Tracy Letts
Bradley Whitford
Bruce Greenwood
Matthew Rhys
Alison Brie
Carrie Coon
Jesse Plemons
David Cross
Zach Woods
Pat Healy
John Rue

Direção:
Steven Spielberg

Produção:
Amy Pascal
Steven Spielberg

Fotografia:
Janusz Kaminski

Trilha Sonora:
John Williams

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑