Uma Cidade Sem Lei (“Bunraku”, EUA, 2010)

Genre : ,

Apesar do título nacional remeter a um simples faroeste, Uma Cidade Sem Lei é um filme conceito, daqueles onde a estética prevalece sobre a narrativa, ou melhor, onde a narrativa se adéqua à estética. Neste caso essa estética lembra os animes baseados em mangá, mas principalmente o teatro de bonecos japonês do século XVII, cujo nome dá o título original.

Nesta cidade numa realidade alternativa chefiada pelo sanguinário guerreiro Nicola (Ron Perlman de “Conan – O Bárbaro”), um forasteiro (Josh Hartnett de “Reação Colateral”) e um guerreiro samurai (o cantor japonês Gackt que agora virou ator) se juntam para tentar derrotar o vilão por motivos diferentes e obscuros, e com a ajuda de um aparentemente simples barman (Woody Harrelson de “Amizade Colorida”).

Apesar da trama rasa e das motivações dos personagens mais rasas ainda, a produção deslumbra justamente pelos seus efeitos especiais e design de produção que são harmonicamente conectadas dadas ao talento do diretor de fotografia ainda pouco conhecido Juan Ruiz Anchía de “Fugindo do Inferno”, obscuro filme protagonizado por Harnett. Além disso, há um cuidado todo especial com o figurino, também uma das peças chave da composição estética da trama.

A ação, muito bem roteirizada só é cortada por algumas subtramas pouco interessantes, com destaque apenas para a discussão sobre o fato que o poder pode acabar isolando quem o detém.

Uma Cidade Sem Lei” não deixa de ser um curioso passatempo pra quem aprecia uma boa ação com uma roupagem bastante original, mesmo que acabe preterindo seu roteiro e a construção de seus personagens.
[rating:3]

Ficha Técnica

Elenco:
Josh Hartnett
Gackt
Woody Harrelson
Ron Perlman
Kevin McKidd
Demi Moore
Shun Sugata
Emily Kaiho
Jordi Mollà
Mike Patton

Direção:
Guy Moshe

Produção:
Ram Bergman
Keith Calder
Nava Levin
Jessica Wu

Fotografia:
Juan Ruiz Anchía

Trilha Sonora:
Terence Blanchard

 

2 Comments

Leave us a comment

  • Gabriel
    on

    Gostei , fotografia incrível.

  • Geneuronios
    on

    Ótimo filme em Blu-ray. Visual caprichado, trilha sonoro ultra detalhista, boas cenas de ação. Demi Moore quebrando nozes no meio da conversa dos vilões é uma cena antológica. Tarantino deve estar babando de inveja!!!

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑