Valerian e a Cidade dos Mil Planetas (“Valerian and the City of a Thousand Planets”)

Genre :
Actor : , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2017

Há 50 anos foi publicada e primeira graphic novel francesa da série “Valerian & Laureline” sobre a dupla de agentes espaciais que se envolve nas mais empolgantes missões num futuro distante povoada por humanos e extraterrestres de todas as raças. Nesse espírito comemorativo, o diretor Luc Besson volta a criar um mundo de ficção científica vinte anos depois do revolucionário “O Quinto Elemento” e surpreende por ser talvez a produção do gênero em 2017 que consegue usar um roteiro excelente (mesmo que não original) e absorver elementos dramáticos e cômicos para um resultado muito acima da média, tal qual o realizado por exemplo em “Guardiões da Galáxia Vol. 2”.

Apresentando mais de 200 espécies de alienígenas, a história envolve logicamente os agentes Valerian (Dane DeHaan de “A Cura”) e Laureline (Cara Delevingne de “Esquadrão Suicida”) na missão onde devem recuperar um animal em extinção com o poder de multiplicar qualquer objeto conhecido, mas se vêem diante de uma conspiração que envolve o extermínio de um planeta e sua raça alienígena. Então devem desvendar os culpados antes que isso leve à destruição da estação espacial Alpha que abriga milhões de seres vivos.

Sendo o filme mais caro já produzido na França, ganhando “Asterix nos Jogos Olímpicos”, os efeitos especiais feitos em parceria com as melhores do ramo Weta Digital (“Senhor dos Anéis”) de Peter Jackson e Industrial Light & Magic (“Star Wars”) de George Lucas, fazem do filme um espetáculo visual quase nunca antes visto, não só pela diversidade de espécies e ambientes, como também por toda a dinâmica entre personagens de carne e osso e aqueles feitos através de captura de movimentos.

Mas não só isso: em grande parte – ao contrário do que o diretor fez no fraco “Lucy” – a física e química dos elementos é bem pensada para não insultar a inteligência do espectador, portanto, é possível traçar perfeitamente uma linha de raciocínio científico que permeia a narrativa, como por exemplo na criativa sequência do mercado virtual de outra dimensão no qual se utiliza princípios da multidimensionalidade de Einstein ou a própria genética de personagens como Bubbles (interpretado por Rihanna).

A dupla de protagonistas não faz feio e até o carisma de top model Cara fala mais alto que sua inexpressividade, enquanto Dean DeHann carrega facilmente o filme nas costas como o herói bem humorado, bem ao estilo do icônico Han Solo (e se a nave dele é bem parecida com a de Han Solo não é mera coincidência).

A série de histórias que inspirou filmes como “Star Wars“>Star Wars”, “Avatar” e até mesmo o próprio “O Quinto Elemento” de Luc Besson tem uma adaptação para o cinema digna de ser vista sem preconceito, pois além de empolgante, é eficiente em sua trama e estonteante em seu visual. Longa vida à série!

Curiosidades:
– Os astronautas da sequência da introdução são todos diretores e escritores com quem Luc Besson já trabalhou.
– Há uma cena em que um personagem fala “I will find you and I will kill you” (Vou te achar e vou te matar). É uma referência direta ao personagem de Liam Neeson em “Busca Implacável” produzido por Besson.
– O elenco principal teve que ler um livro de 600 páginas onde o diretor descreve a anatomia e psicológico de todas as raças alienígenas no filme para ajudá-los na interpretação e interação.
– Quando George Lucas escrever “Star Wars” na década de 70, ele desconhecia a série de Valerian & Laureline. Entretanto sua equipe conhecia e era fã e então grande parte do design dos planetas e naves foi influenciado pela graphic novel francesa.
– O trailer do filme pode ser considerada a primeira peça publicitária a ter uma música dos Beatles (“Because”). Foi autorizada por Paul McCartney.
– Há uma cena no Mercado em outra dimensão onde há um bar chamado Korben. Esse é o nome do protagonista interpretado por Bruce Willis de “O Quinto Elemento” de Besson.

Ficha Técnica

Elenco:
Dane DeHaan
Cara Delevingne
Clive Owen
Rihanna
Ethan Hawke
Herbie Hancock
Kris Wu
Sam Spruell
Alain Chabat
Rutger Hauer

Direção:
Luc Besson

Produção:
Luc Besson
Virginie Besson-Silla

Fotografia:
Thierry Arbogast

Trilha Sonora:
Alexandre Desplat

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑