Vicky Cristina Barcelona (EUA / Espanha, 2008) ***NOS CINEMAS***

Genre :

[youtube OQMpOyy7zgs]

Woody Allen acerta de novo nesse romance com pitadas de comédia e drama envolvendo duas amigas, Vicky (Rebecca Hall de “O Grande Truque“) e Cristina (Scarlett Johansson de “A Outra“), que apesar de serem unidas têm idéias completamente díspares sobre o amor, e vão a Barcelona passar o verão. E daí o título do filme unindo a dupla ao lugar. Lá encontram Juan Marcos um homem misterioso, sexy e um tanto atormentado (Javier Bardem de “Amor nos Tempos de Cólera“) que irá abalar o coração das duas. A situação se complica ainda mais com a chegada da ex esposa de Juan, a maluca Maria Elena (Penelope Cruz e seu nariz de “Sonhando Acordado“).

Depois do fraco “O Sonho de Cassandra“, Allen volta a escrever diálogos sagazes e, unido ao ótimo timing de todo o elenco, dá um resultado admirável. Johansson está confortável no papel Cristina, uma bonequinha de luxo que não sabe o que quer da vida, mas sonha com aventuras amorosas e paixões arrebatadoras. Mas é Rebecca Hall como Vivky que brilha com seu complexo personagem, o qual acredita piamente na união matrimonial, mas tem desejos escondidos que colidirão com sua amizade a Cristina e seu sentimento de culpa com o futuro noivo. Além é claro de Bardem que oscila entre a alegria e o desequilíbrio com seu Juan.

E enfim chegamos a Barcelona, um personagem a parte, que encanta a fotografia desde a Catedral da Sagrada Família em eterna construção, passando pelo Parque de Guell e fechando com um delicioso solo de violão que só os mestres catalães sabem fazer. Talvez um dos mais acessíveis filmes de Woody Allen, mas que como todos, precisa de bons olhos para apreciá-los.

[rating:4]


Ficha Técnica

Elenco:
Javier Bardem
Scarlett Johansson
Rebecca Hall
Penélope Cruz
Chris Messina
Patricia Clarkson
Kevin Dunn

Direção:
Woody Allen

Produção:
Letty Aronson
Stephen Tenenbaum
Gareth Wiley

Fotografia:
Javier Aguirresarobe

 

1 Comment

Leave us a comment

  • Vincius
    on

    Achei um bom filme… bem louco talvez. Acho que fui eu que não entendi o feeling do filme mesmo.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑