Vida de Adulto (“Adult World”)

Genre : ,
Actor : , ,
Director :
Country :
Release Date : 2013

Emma Roberts, sobrinha de Julia Roberts (pra quem não sabe) não é uma atriz ruim, apesar de parecer sempre estar com uma cara de emburrada que até facilita interpretar papéis depressivos, sua especialidade. Quando bem conduzida, produz ótimos resultados como em “Nerve – Um Jogo Sem Regras”. Já em “Vida de Adulto”, onde ela carrega o filme nas costas, pelo menos ela não atrapalha, mas também não ajuda.

Ela é Amy, aspirante a poetisa que ao acabar a faculdade, tem todas as suas aplicações para editoras rejeitadas e se vê tendo que trabalhar numa sex shop (cujo nome é o título original do filme) e conhece o gerente Alex (Evan Peters, o Quicksilver de “X-Men”), o qual demonstra interesse, além de se aproximar de seu ídolo literário, o escritor agora decadente Rat Billings (John Cusack de “Mapas Para as Estrelas”).

Mesmo entre leves deslizes, a essência da trama talvez é o que mereça maior destaque, pois dá a real sobre sonhos que nem sempre são alcançáveis, talentos que nem sempre temos e como nosso auto julgamento pode ser ofuscado por um incubado sentimento de soberba. A dinâmica entre Amy e Rat – a melhor coisa do filme, mérito total de John Cusack – demonstra justamente os dois grandes estágios do que o talento ou a falta dele podem acarretar, pois enquanto Amy almeja que Rat a ensine a ser uma poetisa melhor, ele tenta, de uma forma bem peculiar, ensiná-la das porradas que a vida te dá e como lidar com elas. Todo o resto são meros acompanhamentos – incluindo a relação de Amy com Alex – mas necessários para o desenvolvimento dos personagens e ainda dão um pouco mais de cor a uma trama que, se malconduzida, poderia tornar-se morosa.

Agora, se há algo que não combina nem um pouco dentro da narrativa é a fraquíssima trilha do desconhecido BC Smith que impõe algo retrô lá da década de 80 que em nenhum momento tem aderência com o contexto.

Vida de Adulto” sobe um pequeno degrau que sai do mediano justamente por ser uma crítica contundente à idealização do que é justo e sobre a autoimagem que projetamos versus a que somos. E John Cusack arrasa.

Curiosidades:

– Emma Roberts conheceu Evan Peters nas gravações e começaram a namorar entre idas e vindas até hoje, a data da publicação desta crítica. Um caso comentado na mídia foi quando ela foi presa em 2013 por agressão a Peters num hotel no Canadá, mas ele não prestou queixa e depois ainda voltaram.

Ficha Técnica

Elenco:
Emma Roberts
Evan Peters
John Cusack
Armando Riesco
Chris Riggi
Shannon Woodward
Catherine Lloyd Burns
Reed Birney
Cloris Leachman
John Cullum

Direção:
Scott Coffey

Produção:
Manu Gargi
Alex Goldstone
Justin Nappi
Joy Gorman Wettels

Fotografia:
James Laxton

Trilha Sonora:
BC Smith

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑