Você vai Conhecer o Homem dos seus Sonhos (“You Will Meet A Tall Dark Stranger”, Espanha / EUA, 2010) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

Woody Allen (“Tudo Pode Dar Certo“) fez um “pré-filme”. Como em grande parte da sua filmografia, ele centra em personagens desfuncionais que nas adversidades tomam decisões inusitadas que reverberam conseqüências às vezes hilárias, e outras, bizarras.

Tudo se desenrola a parte de uma visita da desenganada Helena (a ótima Gemma Jones de “Harry Potter e o Enigma do Príncipe“) a uma cartomante. Ela é mãe de Sally (Naomi Watts de “Trama Internacional“) que tem uma paixão platônica pelo seu chefe (Antonio Banderas de “O Amante“), mas é casada com um escritor frustrado (Josh Brolin de “Bravura Indômita“), o qual acabou se encantando com a vizinha (Freida Pinto de “Quem Quer Ser um Milionário?“).

Como se não bastasse, grande parte da depressão de Helena (parece a personagem da novela das oito) se deve ao abandono do marido (Anthony Hopkins de “O Ritual“) que decidiu aproveitar a vida de solteiro e namorar menininhas, só que acabou se envolvendo com uma garota de programa (Lucy Punch de “Um Jantar Para Idiotas“).

De positivo, o elenco que está quase impecável, principalmente Gemma Jones e Naomi Watts. Só que eles tem que trabalhar com um dos roteiros menos criativos de Woody Allen nos últimos anos. O espectador consegue ver centelhas da genialidade de Allen espalhadas de forma esparsa e, pela primeira vez, uma locução em off que nem de longe lembra as grandes tiradas do mestre.

E retornando à primeira frase desta resenha, os acontecimentos decisivos acontecem depois que o filme termina. É como se este fosse uma introdução para algo que não existe. Reconhece-se que o diretor usou um artifício artístico para dar certo simbolismo ao último ato, porém o tiro sai pela culatra, já que o que deixou para que o espectador pensasse, já daria um filme inteiro.

Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos” foi a grande promessa quebrada de um dos mais aclamados diretores contemporâneos e que nem se encaixa num gênero definido, parecendo uma ode de que a ilusão é melhor do que a realidade. Seria até um tema interessante se seu conteúdo tivesse a mesma intensidade. É torcer para ele dar a volta por cima na sua próxima empreitada.

[rating:2.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Antonio Banderas
Josh Brolin
Anthony Hopkins
Freida Pinto
Naomi Watts
Lucy Punch
Gemma Jones
Jim Piddock
Alex MacQueen
Pauline Collins
Anna Friel
Celia Imrie
Ewen Bremner
Fenella Woolgar
Neil Jackson
Roger Ashton-Griffiths
Theo James

Direção:
Woody Allen

Produção:
Letty Aronson
Jaume Roures
Dave Tenenbaum
Stephen Tenenbaum

Fotografia:
Vilmos Zsigmond

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑