Zoom

Genre : ,
Actor : , ,
Director :
Country : ,
Release Date : 2015

Emma escreve quadrinhos sobre Edward que dirige um filme sobre Michelle que escreve um livro sobre Emma. E é nessa metalinguagem que diversifica o veículo narrativo que “Zoom” mistura questões filosóficas entre estética versus conteúdo com uma despreocupação narrativa, mas que ao mesmo tempo tem tudo a ver com as escolhas da vida.

Alison Pill de “Cooties: A Epidemia” é Emma que, insatisfeita com seus seios, decide aumenta-los, mas depois se arrepende, descarregando sua raiva no personagem que criou em sua HQ, Edward.

Edward (Gael García Bernal de “Não”) é um diretor que conseguiu ascender ao estrelado mais pela sua aparência do que pelo seu talento. E ele passa a ter problemas com sua aparência justamente quando está fazendo um filme não comercial que pode nem ser lançado.

E o filme é sobre Michelle (a brasileiríssima e linda Mariana Ximenes de “Muito Gelo e Dois Dedos D’Água”), uma top model que quer ser escritora, mas é desacreditada pela sua própria aparência. Ainda assim, ela foge para o Brasil e tenta terminar seu livro sobre Emma.

A estréia de Pedro Morelli no cinema (já foi assistente de câmera de Fernando Meirelles) tem uma plasticidade ímpar e ele capricha nos enquadramentos, na mise-en-scène, nas transições de cena e até mesmo pela peculiaridade que o segmento de Edward é todo feito em animação tradicional. Isso contribui na própria disposição dos eventos que são escritos / desenhados / dirigidos, à medida que vão acontecendo. E aí há intervenções narrativas interessantes como o rasgar de uma página da história, o que significa praticamente rebobinar até um determinado ponto de partida, ou juntar as palavras escritas com as cenas vislumbradas e até mesmo mudar cenários e personagens com um rabisco.

Sendo por si só um deleite visual, expõe as questões já citadas, as quais são bastante relevantes ao contexto da própria arte ou como esta se calca mais na aparência, porém justo por isso se pode se auto-destruir. Entretanto, a despreocupação do roteiro fez com que a estética e a filosofia meio barata se sobrepusessem à execução em si, deixando por algumas vezes o ritmo desconfortável ou incômodo ou repetitivo pelo simples prazer de contar a mesma história com novos e diferentes estonteantes recursos visuais.

O desfecho passa uma bela mensagem que fecha o círculo, mas parece deixar o espectador de fora. Ou seja, “Zoom” só não é melhor porque se entrega ao pecado que ele mesmo denuncia. Passa a mensagem e depois passa.

Ficha Técnica

Elenco:
Gael García Bernal
Alison Pill
Mariana Ximenes
Jason Priestley
Tyler Labine
Don McKellar
Claudia Ohana
Michael Eklund
Jennifer Irwin

Direção:
Pedro Morelli

Produção:
Andrea Barata Ribeiro
Niv Fichman

Fotografia:
Adrian Teijido

Trilha Sonora:
Kid Koala

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑