A Fonte da Vida (“The Fountain”, EUA, 2006)

[youtube B-TGnpN1of8]

Hugh Jackman (“O Grande Truque“) vive em épocas diferentes, separadas por 100 anos: no passado, é um guerreiro que vai às Américas em busca da tal fonte da vida do título; no presente, é um renomado médico em busca da cura para um tumor de sua amada; no futuro, é um explorador espacial que leva uma árvore a uma estrela morrendo.

Apesar de confuso, logo o expectador entende o que se passa. E é por isso mesmo que o final tão abstrato pode desapontar, já que pra engoli-lo, muitos acontecimentos deveriam ser descartados. Mesmo assim, é um filme singelo sobre perda e esperança, com brilhantes atuações e ótimos efeitos especiais.

E o DVD tem ótimos extras de making of e uma interessante entrevistas que é feita sem repórter, somente entre os protagonistas Jackman e Rachel Wiesz (“A Múmia”).

Nota 6,5


Ficha Técnica

Elenco:
Hugh Jackman
Rachel Weisz
Ellen Burstyn
Mark Margolis

Direção:
Darren Aronofsky

Produção:
Arnon Milchan
Iain Smith
Eric Watson

Fotografia:
Matthew Libatique

Trilha Sonora:
Clint Mansell

 

2 Comments

Leave us a comment

  • saullo
    on

    muleki, se vc entendeu esse filme, entao gostaria que explicasse, pq eu nao entendi bulhufas!!

    a parte da mulher dele, de boa, deu pra entender na moral, mas aquela coisa de deixar ele careca com uma arvore…nao entendi nao.

  • kat
    on

    Adorei mas levei um tempo pra entender… a chave do mistério é justamente lembrar que no tempo presente tom descobriu a substancia da arvore da vida.
    Ele viveu… por muito muito tempo, atravessou seculos buscando as respostas para as perguntas essenciais da vida… a cena dele no futuro distante com a arvore é real, nesse caso Tom está em um patamar muito evoluído de consciência e existência, o que explica a arvore na bolha, a posição de meditação, uma coisa quase transcendendo a materia se vcs tão me acompanhando… ele sabe que para resolver seu dilema passado…precisa terminar a história de Izzi… causando a própria morte… mas mudando um fato importantíssimo no espaço tempo…ele refaz a cena onde deveria ter ido atrás dela na primeira nevasca!!! ao invés de ir ao laboratório ( onde acaba perdendo a aliança de casamento) isso muda a perspectiva da atitude de Tom…aproveitar a vida com Izzi enquanto ainda podia.

    Depois que vc entende isso da pra perceber porque Tom, agora no tempo presente…com sua aliança de casamento se despede de Izzi… é emocionante quando ele sussurra no final quando a tela clareia: Terminei… Izzi pergunta: Está tudo bem? Tom responde: Sim…está tudo bem.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑