A Grande Praga (“The Sick House”, Inglaterra, 2007)

Genre :

[youtube b9dDtooHPSM]

Taí um terror que tinha tudo para superar a maioria do gênero casa mal assombrada. Uma arqueóloga (Gina Phillips de “Olhos Famintos“) passa a noite num hospital abandonado da época da grande praga do século XVII em Londres para encontrar vestígios históricos que possam impedir sua demolição no dia seguinte. Quatro jovens também se aventuram no prédio fugindo da polícia. Lá eles despertam o espírito de um médico psicopata que matava crianças na época e agora que se perpetuar através da morte dos intrusos.

Os bons elementos estão lá: personagens comprometidos com a seriedade de seus papéis ao invés de ficarem fazendo piadinhas; um roteiro que permite situações aterrorizantes sem forçar que o grupo se separe por qualquer bobagem; bons efeitos especiais, fotografia bem posicionada e um trilha sonora condizente com o ambiente claustrofóbico.

Mas como disse, “A Grande Praga” apenas tinha tudo para ser ótimo, mas comete dois erros absurdos: um é o excesso de explicação da trama. Pra que dar closes no mapa do hospital para que o espectador saiba onde os personagens estão? E porque diabos, uma série de flashbacks para explicar situações óbvias? Agora o pior ficou pro final. O roteirista parece ter simplesmente pirado nos últimos dez minutos e colocou um desfecho sem pé nem cabeça, o qual chega a ser frustrante. É triste ver algo potencial descer ladeira como “A Grande Praga” fez.

[rating:2.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Gina Philips
Alex Hassell
Kellie Shirley
Andrew Knott
Jack Bailey

Direção:
Curtis Radclyffe

Produção:
Shripal Morakhia
Charlotte Wontner

Fotografia:
Sam McCurdy

Trilha Sonora:
Richard Fox
Lauren Yason

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑