A Hora da Escuridão (“The Darkest Hour”, EUA, 2012) ***NOS CINEMAS***

De tempos em tempos nosso já sofrido planeta Terra é invadido. Invadido por filmes de ficção científica descartáveis. Por pouco “A Hora da Escuridão” não leva o prêmio “Skyline” de abacaxi em invasões alienígenas.

Jovens passam uma temporada em Moscou quando devem lidar com um ataque extraterrestre onde os aliens são invisíveis e literalmente trituram toda a raça humana. Uma produção desse gênero já começa mal quando não consegue explicar a lógica dos invasores. Tentam através de ciência uma ciência meio picareta explicar que eles estão envoltos em alguma espécie de escudo feito de ondas eletromagnéticas e que passam despercebidos caso os humanos estejam numa gaiola de Faraday (Não sabe o que é? Google pra você!) ou em uma redoma de vidro, mas falham miseravelmente se contradizendo quando percebemos que as pessoas que estavam dentro de carros, aviões ou até casas morreram já que estas de certa forma estavam atrás de vidros. Muito menos se explica a leveza com que flutuam e se multiplicam como visto no início ou os tais tentáculos elétricos que só aparecem quando conveniente ao roteiro.

O elenco é tão clichê que antes do ataque, você já vai saber quem vai morrer e quem vai sobrar. Até que os atores principais se esforçam párea ser levados a sério e que dá a algumas cenas de ação, certa credibilidade e são as únicas responsáveis pela produção não se afundar na lama.

Além do 3D ter a função única de encarecer o ingresso, o diretor Chris Gorak, mais conhecido como diretor de arte de produções importantes como “Clube da Luta”, parece ter surtado no terceiro ato cometendo erros de continuidade grotescos como aquele em que o herói Sean (Emile Hirsch de “Aconteceu em Woodstock”) olha para o ônibus onde estaria a sua amiga Natalie (Olivia Thirlby de “Sexo Sem Compromisso”) e na próxima cena o ônibus desaparece fazendo com que ele percorra um sinuoso caminho até chegar lá. E piora no final quando apesar de aparentar ter andando quilômetros, o ônibus pára a poucos metros de onde estava estacionado antes.

A Hora da Escuridão” vale só para um passatempo de ação como última opção nos cinemas, provavelmente sendo mais eficaz em DVD.
[rating:2]

Ficha Técnica

Elenco:
Emile Hirsch
Rachael Taylor
Olivia Thirlby
Joel Kinnaman
Max Minghella
Dato Bakhtadze
Veronika Ozerova

Direção:
Chris Gorak

Produção:
Timur Bekmambetov
Tom Jacobson

Fotografia:
Scott Kevan

Trilha Sonora:
Tyler Bates

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑