A Lenda de Candyman (“Candyman”)

O que parecia ser uma reimaginação do cult de 1992 “Candyman”, não só se revela como uma continuação direta deste, como também expande seu universo e seus horizontes sem perder a sua essência, quase 30 anos depois.

Yahya Abdul-Mateen II de “Os 7 de Chicago” é Anthony, pintor em decadência que descobre a lenda de Candyman e resolve fazer uma série de pinturas sobre ele sem saber que acabara de despertar a entidade para matar novamente.

A diretora Nia DaCosta encontrou uma criativa forma de mostrar o universo de Candyman através de ótimas jogadas com reflexos de espelho, começando com a própria abertura com as logomarcas da Universal, MGM e Bron escritas como num reflexo, passando pelos créditos iniciais e chegando a nada óbvias tomadas cruciais da aparição da criatura frente ao espelho e confrontando-o com suas ações fora dele. Os efeitos especiais são ótimos e o grau da violência gráfica é bastante equilibrado sem ser apelativo.

A combinação com o roteiro faz todo sentido, principalmente porque os vínculos com o filme original e a tomada de decisão acertadíssima de esquecer as continuações medíocres que foram feitas ao longo dos anos, criou uma ótima proximidade com a história original, inclusive com uma boa discussão sobre racismo geográfico, ao mesmo tempo em que comercialmente há algumas rápidas, porém, ótimas participações especiais, principalmente nos últimos segundos. O elenco está coeso e até os alívios cômicos são posicionados para não prejudicarem a urgência e tensão da trama.

A Lenda de Candyman” surpreende justamente por ter uma história que não é caça-níqueis, ter uma história fluida e uma condução com ritmo que provoca tensão constante. Não precisa ver o original antes, mas se o fizer, vai ser bem melhor.

Curiosidades:

– As filmagens foram nos mesmos cenários do original de 1992, mesmo com alguns prédios já tendo sido demolidos de lá para cá.
– Ironicamente numa das cenas, a equipe de filmagem teve que se dispersar porque esbarraram numa colméia e as abelhas atacaram.

Ficha Técnica

Elenco:
Yahya Abdul-Mateen II
Teyonah Parris
Nathan Stewart-Jarrett
Colman Domingo
Kyle Kaminsky
Vanessa Williams
Brian King
Miriam Moss
Rebecca Spence
Carl Clemons-Hopkins
Christiana Clark
Michael Hargrove
Rodney L Jones III
Heidi Grace Engerman
Ireon Roach
Breanna Lind

Direção:
Nia DaCosta

Produção:
Ian Cooper
Jordan Peele
Win Rosenfeld

Fotografia:
John Guleserian

Trilha Sonora:
Robert Aiki Aubrey Lowe

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑