A Lenda do Tesouro Perdido – Livro dos Segredos (“National Treasure: Book of Secrets”, EUA, 2007) ***NOS CINEMAS***

Genre :

[youtube fhphfx8Z54c]

A mesma equipe da primeira parte volta pra fazer um filme melhor, ainda tentando uma mistura de “Indiana Jones” com “Goonies“. Apesar do resultado ser bem inferior a essas duas produções, conseguiram fazer algo levemente melhor que seu antecessor.

Nicholas Cage (“O Motoqueiro Fantasma“) agora teve achar mais um tesouro que pode limpar o nome de seus ancestrais no assassinato do presidente Lincoln no final da Guerra Civil Americana.

Com um sem número de clichês e absurdos, o diferencial está no entrosamento dos atores, muito mais a vontade e cujas reações parecem bem mais naturais que no primeiro filme. Além disso, nomes de peso como Ed Harris (“O Segredo de Beethoven“) e Helen Mirren (“A Rainha“) se juntaram ao elenco dando um pouco mais de credibilidade. E se as famosas piadinhas no meio da tensão continuam irritando o público, o principal alívio cômico do elenco, vivido por Justin Bartha (“Armações do Amor“) parece ter desenvolvido um melhor timing para as brincadeiras. Assim, o novo capítulo de “A Lenda do Tesouro Perdido” já pode ser considerado um passatempo razoável e sem contra-indicações.

Nota 6


Ficha Técnica

Elenco:
Nicolas Cage
Diane Kruger
Helen Mirren
Jon Voight
Harvey Keitel
Ed Harris
Alicia Coppola
Bruce Greenwood

Direção:
Jon Turteltaub

Produção:
Jerry Bruckheimer
Jon Turteltaub

Fotografia:
Amir M. Mokri
John Schwartzman

Trilha Sonora:
Trevor Rabin

 

1 Comment

Leave us a comment

  • saullo
    on

    eu achei esse segundo pior q o primeiro. na verdade, os dois sao praticamente a mesma coisa. é nesse ae q aparece a águia dos EUA ao molhar uma pedra? uahsuahsuahsuahsuahsua

    eu esqueci em qual dos dois o cara “sequestra” o presidente(e foi tao facil q ele poderia até ter enrabado o presidente ali mesmo)…mas…tanto faz, a ordem dos fatores nao altera o produto final, já q é tudo a mesma bosta.

    tosco demais!

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑