A Menina que Brincava com Fogo (“Flickan som lekte med elden”, Suécia, 2009)

Genre : ,

Apesar do cerne de “Os Homens que Não Amavam as Mulheres” ser o mistério do desaparecimento de uma jovem há quarenta anos, o diferencial da produção foi investir bastante tempo na dupla de protagonistas, o jornalista investigativo Mikael Blomkvist (Michael Nyqvist de “Missão Impossível 4”) e a enigmática Lisbeth Salander (a atual estrela Noomi Rapace de “Prometheus”).

E quem diria a segunda parte da aclamada série do já saudoso Steg Larson se centraria justamente neles e no contexto de suas vidas. Focando mais em Lisbeth, tudo começa quando ela volta pra cidade e é ameaçada por uma organização que planeja uma conspiração para incriminá-la por alguns assassinatos. Ao mesmo tempo Mikael investiga um esquema de tráfego humano que pode colocar sua vida e a de seus colaboradores em risco e acaba descobrindo um aterrador segredo do passado de Lisbeth.

Com a mudança de diretor – sai Niels Arden Oplev e entra Daniel Alfredson – o espectador deve sentir um pouco mais nas questões de ritmo que oscila entre ótimas cenas e hiatos dramáticos, além do que, os personagens coadjuvantes crescem bastante a partir desta seqüência. Com pouco mais de duas horas de duração, o roteiro ainda tem um número suficiente de cartas na mesa para prender a atenção do público, o qual vai torcer para o encontro do casal, já que eles passam a maior parte do tempo separados, praticamente em tramas distintas que gradativamente começam a se unir.

Com uma história coesa, “A Menina que Brincava com Fogo” chega como uma continuação orgânica da primeira obra de Steg Larson (mesmo que levemente inferior a esta) e vai trazer ótimas surpresas sem demonstrar ainda nenhum sinal de cansaço. E Lisbeth continua sendo uma bad ass mother f*cker.
[rating:3.5]

Ficha Técnica

Elenco:
Michael Nyqvist
Noomi Rapace
Lena Endre
Peter Andersson
Michalis Koutsogiannakis
Annika Hallin
Sofia Ledarp
Jacob Ericksson
Reuben Sallmander
Yasmine Garbi
Ralph Carlsson
Georgi Staykov

Direção:
Daniel Alfredson

Produção:
Jon Mankell

Fotografia:
Peter Mokrosinski

Trilha Sonora:
Jacob Groth

 

1 Comment

Leave us a comment

  • Laura Zaine
    on

    Olha… os filmes suecos se mostram infinitamente superiores à pobre e entrecortada versão norte-americana. Contudo, ainda prefiro os livros, muito mais ricos na narrativa e descrição de personagens. Amo suas críticas, vc sempre acerta minhas preferências! Bjnhs!

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑