A Origem dos Guardiões (“Rise of the Guardians”, EUA, 2012) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

Se há algo reconfortante no mundo das animações é ver que esta, feita pelos estúdios Dreamworks já consegue ter o mesmo nível técnico e detalhista da Pixar. Assim, o que cada vez mais vai diferenciar a qualidade de uma produção como essa é a sua história e seu desenvolvimento.

Em “A Origem dos Guardiões” eles usam o conceito de juntar personagens icônicos do imaginário infantil (como “Hotel Transilvânia” fez com os monstros) para uma aventura, retratando aqui o Papai Noel, o Coelho da Páscoa, a Fada do Dente, o Sandman (no Brasil também conhecido como Morfeu) e o protagonista Jack Frost, o menos conhecidos pelas nossas terras por ter a ver com a neve, elemento que não vemos por aqui. Quando o bicho papão (conhecido no desenho como Breu) ameaça a crença e felicidade das crianças, os heróis se unem para combater o mal.

Ao contrário de muitos exemplares do gênero, neste há muito menos elementos de humor, dando um tom bem mais sério, provavelmente por ser produzido por Guillermo del Toro (“Não Tenha Medo do Escuro”). A trama é muito bem amarrada e o grande conflito da narrativa sobre o passado de Jack Frost realmente é cativante. Entretanto, seus realizadores não foram muito felizes no desenho dos personagens principais, visto que com exceção da Fada do Dente e dos elfos do Papai Noel, os demais tiveram seus traços muito fortes com pouco espaço para expressões faciais mais elaboradas. Até mesmo o próprio Frost foi concebido de forma simplória (este não é um problema técnico e sim conceitual).

Só que o filme tem um trunfo que o salva de qualquer falta de carisma dos personagens provocado pela equivocada concepção: é a trilha sonora. Concebida por, na minha opinião, o grande expoente desta década, o mago Alexandre Desplat que vem sendo cada vez mais demandado em grandes produções como “Harry Potter”, “A Árvore da Vida” e inclusive no grande vencedor do Oscar “O Discurso do Rei”. É impossível não se emocionar vendo determinadas cenas combinadas com a trilha monumental de Desplat, principalmente a partir do segundo ato.

Baseado no livro de William Joyce, “A Origem dos Guardiões” acaba contando com um aspecto que desequilibra a avaliação da obra de forma bastante positiva e faz com que no geral se torne um filme do que realmente seria. O que, diga-se de passagem, não é nada mal.
[rating:3]

Ficha Técnica

Elenco:
Chris Pine
Alec Baldwin
Jude Law
Isla Fisher
Hugh Jackman
Dakota Goyo

Direção:
Peter Ramsey

Produção:
Nancy Bernstein
Christina Steinberg

Trilha Sonora:
Alexandre Desplat

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑