A Rede Social (“The Social Network”, EUA, 2010) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

Um sensacional exemplo de que, quando elenco e equipe dão o melhor de si, o resultado pode ser surpreendente. Enquanto muitas brilhantes histórias reais padecem em filmes medianos, esta, que talvez seja uma das várias envolvendo bilionários instantâneos do Vale do Sicílio (ponham aí Google, Twitter, Zappos, etc), foi contada e interpretada de uma forma visceral.

Conhecemos Mark Zuckerberg (Jesse Eisenberg de “O Solteirão“), um estudante com todos os pré-requisitos de um gênio, mas, como muito dos chamados nerds, tem sérios problemas de traquejo social. E a cena inicial é fundamental para estabelecer a personalidade do sujeito. Suas transgressões virtuais, justamente por causa da sua persona, deram uma notoriedade mínima que atraiu alguns interessados para que ele fizesse uma rede que ligasse os estudantes de Harvard. Com essa idéia, ele, por fora, construiu o Facebook, a rede social que domina o mundo.

Por conta de suas questionáveis decisões sofreu processos, um deles inclusive de seu melhor amigo, o brasileiro Eduardo Saverin, co-fundador do Facebook (Andrew Garfield de “O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus“). O divisor de águas do Facebook foi quando Mark conhece o fundador do Napster, o que levou à ruína a indústria fonográfica, Sean Parker, ironicamente interpretado por um cantor, Justin Timberlake de “Entre o Céu e o Inferno“.

O primeiro grande trunfo, quem diria, é o seu protagonista, Eisenberg. Ele que sempre é escolhido para fazer papéis de adolescentes deslocados / rejeitados, aqui pela primeira vez, assume uma postura quase sombria e consegue se equilibrar perfeitamente entre alguém que não é mal, mas parece se esforçar pra chegar lá (é emblemática a última frase dita no longa). Mais ainda: o espectador percebe a dificuldade que ele tem em expressar sentimentos, senão pela lógica e matemática, mas que ainda sim é transpassado por um turbilhão de emoções, principalmente quando seu empreendimento começa a ter êxito.

O segundo trunfo é a direção de David Fincher de “O Curioso Caso de Benjamin Button“. Ele conseguiu manter um ritmo de história que não cansa seu público. Aliás, ele conseguiu fazer com que a quantidade de cortes e velocidade da narrativa seja um espelho do seu próprio protagonista. Repare que esse ritmo muitas vezes é pautado pela própria narração de Mark, e a ágil edição parece ser tão despreocupada com o espectador (isto é, nós que temos que acompanhar a velocidade e não vice-versa), tal qual Mark aparenta um descaso com as pessoas em geral, ao contrário de seu amor pelos números e linhas de programação.

Lógico que algumas das mais inteligentes seqüências às vezes são um tanto forçadas, como na parte em que ele “inventa” colocar o campo de status de relacionamento no Facebook ou a forte cena final quando adiciona alguém no Facebook, dando a entender que tudo foi feito por causa de uma pessoa. Não que o roteiro tenha se equivocado, mas apenas quis criar algo de impacto e, para os mais desavisados, conseguiu.

A Rede Social” é um drama sensacional que foge do padrão, tanto por suas qualidades técnicas, roteiro e edições bem elaboradas, uma direção segura, sem as maluquices visuais de Fincher na época de “Quarto do Pânico”, quanto por um personagem extremamente bem construído pelo ator certo no lugar certo, bem como a sua harmonia com o surpreendente time de coadjuvantes (Timberlake no seu melhor). Apesar de não ter sido aprovado pelo verdadeiro Mark Zuckerberg, sem dúvida o filme vai angariar mais alguns milhares de cadastrados no Facebook. E é bom ser um deles.

[rating:4.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Jesse Eisenberg
Justin Timberlake
Andrew Garfield
Armie Hammer Jr.
Max Minghella
Josh Pence
Brenda Song
Rashida Jones
Joseph Mazzello
John Getz
David Selby
Denise Grayson
Douglas Urbanski
Rooney Mara
Bryan Barter
Patrick Mapel

Direção:
David Fincher

Produção:
Dana Brunetti
Ceán Chaffin
Michael De Luca
Scott Rudin

Fotografia:
Jeff Cronenweth

Trilha Sonora:
Trent Reznor
Atticus Ross

 

2 Comments

Leave us a comment

  • silvio3611
    on

    ldo, me manda um email apontando a sua visão sobre o final do filme Re-Cycle(2006), acabei de assití-lo e to mt mt mt confuso.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑